Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 28 de novembro de 2013
Autora: Cathy Kelly
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 448
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897260735

Sinopse:
Tess costumava sentir-se feliz com a sua vida: mora na idílica e costeira Avalon com o filho adolescente, Zach, e a filha nove anos, Kitty, e trabalha na loja de antiguidades local. O único arrependimento que tem é tudo ter corrido tão mal com o seu primeiro amor. Em seguida, o seu casamento chega ao fim e o tal primeiro amor regressa a Avalon…
Suki, irmã de Tess, fugiu da Irlanda anos antes para casar com o político Kyle Richardon. Quando descobre que alguém quer escrever uma biografia sobre ele há apenas um lugar para onde pode ir a fim de se assegurar de que os seus segredos permanecem escondidos. Danae é a funcionária dos correios de Avalon e esforçou-se bastante para garantir que ninguém sabe de onde veio ou quem é… O passado só a si diz respeito, e ela gostaria de mantê-lo assim.
Em Galway, Mara exibe um sorriso falso num casamento; só quer perguntar uma coisa ao noivo: porque lhe disse ele que a amava? Precisando de deixar o passado para trás, Mara pega na sua vida e prepara-se para um novo começo. Poderão estas quatro mulheres resolver os seus passados? Ou será que precisam de olhar para trás antes de poderem começar a viver para o futuro?


Opinião:
Nunca tinha lido nada desta autora, mas admito que já ouvira falar (e muito) dela. Dessa forma não resisti e tive que ler para ver qual o motivo de tanto reboliço. A verdade é que descobri que estava perante um livro carinhoso, onde a amizade, o amor e a comunidade são as principais palavras chaves.

Tess sempre viveu feliz na sua terrinha natal. Com dois filhos e uma loja de antiguidades que adora de coração, Tess pensava que o seu futuro seria perfeito, mas nada é perfeito. Quando se separa temporariamente do marido, nunca pensara que tal separação seria definitiva e muito menos que este marido tivesse de imediato uma nova namorada. Depois temos Suki, irmã de Tess. Uma mulher que se sentia presa na pequena terra de Avalon, acaba por casar com uma grande figura pública mas sendo uma mulher livre não aguentava as correntes que a prendiam naquela casa. Tornando-se uma famosa escritora pelos seus ideais feministas, Tess sente que tudo se desmorona quando recebe inúmeras visitas de investigadores que querem saber mais sobre o seu casamento.

Danae é uma mulher misteriosa. Uma mulher de quem ninguém sabe nada de nada e que quer manter assim a sua vida, secreta. A verdade é que o seu passado é mais negro e triste do que qualquer outro das quatro mulheres faladas neste livro e ao não falar dele é como se nada tivesse acontecido. Por fim temos Mara, uma mulher que vai ao casamento do chefe. Um homem que dizia que a amava, quando isso era uma mentira total. Quando existia mais para além dessas promessas de amor.

Devo dizer que nunca tinha lido nada da autora e o início da história chegou a ser confusa. Eram demasiados nomes e cheguei a perder quem era quem. Ainda por cima nomes que não são assim tão memoráveis, o que não ajudou. Mas a verdade é que após ter finalmente conseguido saber quem era quem devo dizer que adorei o que li. Este livro tem personagens femininas fortes, cada uma com a sua própria história e fantasmas pessoais e é nessa descoberta que começamos a identificarmos-nos com cada uma destas personagens. Os seus dramas passam a ser os nossos. Os seus traumas também. E começamos a simpatizar com estas personagens de tal forma que não nos conseguimos despegar delas.

Este livro foi sem dúvida uma surpresa neste ponto, pelos sentimentos que desenvolvemos por todas as personagens. E a escrita da autora ajuda e muito nesse ponto, sendo envolvente e chamativa. Se não fosse o problema de ter ficado inicialmente confusa com os nomes das personagens a serem apresentadas todas de uma vez, diria que este foi um livro excelente. Recomendo a todos!

0 devaneios :