Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013
Autora: Megan Maxwell
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 448
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896574475

Sinopse:
Um romance atrevido e contemporâneo. Uma história de amor que oculta um perigoso segredo. Recheado de amor, luxúria e sexo.
Após a morte do pai, o prestigiado empresário alemão Eric Zimmerman decide viajar até Espanha para supervisionar as filiais da empresa Müller. Nos escritórios centrais de Madrid conhece Judith, uma jovem inteligente e simpática, por quem se enamora de imediato. Judith sucumbe à atracção que o alemão exerce sobre ela e aceita tomar parte nos seus jogos sexuais, repletos de fantasias e erotismo.
Com ele aprenderá que todos temos dentro um voyeur, e que as pessoas se dividem em submissos e dominantes… Mas o tempo passa, a relação intensifica-se e Eric começa a temer que o seu segredo seja descoberto, algo que poderia ditar o princípio do fim de uma relação.


Opinião:
Devo dizer que adorei a capa deste livro. Achei-a simplesmente fenomenal, tão simples mas ao mesmo tempo tão mágica! E tendo recebido este livro da editora adorei o pormenor de o enviarem em conjunto com uma flor de plástico azul parecida com a da capa do livro.

Erótico. Um tipo de literatura muito na moda. Um tipo de leitura que desde "As Cinquenta Sombras de Grey" conquistaram milhares de leitores por todo o mundo, sendo que Portugal não foi excepção. Aliás, Portugal, sendo um país tão pequeno notou-se imenso o lançamento de inúmeras sagas eróticas pelas diversas editoras nacionais. Como já referi anteriormente não resisto a estes livros, embora tenha havido uma altura em que me fartei deles. Este livro concretamente? Encontra-se num estado intermédio, não odiei, mas também não foi o melhor do género, muito devido à personagem principal masculina.

Judith é uma mulher madura que gosta da sua vida e de aventura. Extrovertida e divertida, é uma mulher que desde o início chama a atenção de Eric Zimmerman, o grande empresário encarregue das empresas Müller, que tem um posto superior ao da sua odiada chefe, o que lhe acaba por salvar de imensas situações horrorosas. Eric é um homem controlador, frio e exigente, sendo um óptimo chefe, inteligente e fiável. Mas este homem fora da empresa torna-se ainda mais controlador que o normal, tornando-se um dominador implacável que gosta praticamente todo o tipo de sexo.

Uma relação que acaba por tornar-se um vício, um romance difícil de compreender entre duas pessoas diferentes mas ao mesmo tempo muito iguais. Devo dizer que tenho várias opiniões em relação a este livro. Para começar havia partes neste livro que achei muito bem desenvolvidas emocionalmente, especialmente a adoração que Judith tinha pelo seu gato e a sua morte foi a parte mais emotiva de todo o livro, pois durante todo este livro essa relação tinha sido muitíssimo desenvolvida e sendo eu uma amante de animais consegui-me identificar na pele da personagem.

Agora... enquanto que a relação de Judith com o gato foi muitíssimo bem desenvolvida, o mesmo não poderei dizer para a relação de Judith com o patrão, Eric. Muito sinceramente tirando uma situação ou outra afirmaria que Eric apenas queria Judith por uma coisa. Sexo. Muito sexo e sexo muito macabro! E achei um pouco estranho Eric não querer sexo com outro homem mas adorar ver a mulher que diz supostamente amar fazer sexo com outra mulher. Podem dizer o que dizerem em relação a este ponto, mas a mim confundiu-me imenso!

Apesar desta grande falha, que se repete ao longo de todo o livro, tenho que dizer que a escrita da autora é absolutamente fantástica. Consegue transportar-nos para todos os diversos cenários retratados no livro, consegue descrever na perfeição as personagens e algumas das relações. O grande problema que tive no livro foi mesmo a relação entre Judith e Eric, o que foi um grave problema, afinal de contas essa é a história por trás de todo o livro.

Mas no geral até acaba por ser uma leitura satisfatória, ajudando a passar um bom bocado.

0 devaneios :