Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 25 de julho de 2014
Autora: Jodi Ellen Malpas
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 576
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896575250

Sinopse:
Bem-vinda ao mundo sensual de ESTE HOMEM Continua a história entre Jesse Ward e Ava O’Shea. Jesse Ward afogou-a com a intensidade e surpreendeu-a com a paixão, mas manteve-a à margem dos seus segredos obscuros e coração partido. Deixá-lo era a única maneira que Ava O’Shea teria para se libertar do romance demasiado conturbado. Mas também devia ter desconfiado que era impossível fugir dele. Agora Jesse voltou à sua vida, determinado a recordá-la dos prazeres sensuais que partilharam. Ava está também decidida a descobrir a verdade oculta na frieza deste homem.


Opinião:
Este livro chegou-me a casa estava eu a ler ainda o primeiro da trilogia. Este primeiro título tinha tido um final estupendo, em que finalmente se sabe que o hotel não é como qualquer outro hotel, acabando por deixar o livro no fim de um precipício. Este precipício foi o ingrediente de ouro da autora e se não fosse ele não sei até que ponto quereria continuar a ler esta trilogia.

Apesar de tudo o que sabe sobre Jesse, não foi a verdade sobre o seu hotel que afastou Ava do homem que ama. Foi a verdade sobre os seus vícios, sabendo que bastava ir contra algo que Jesse quisesse, que este iria afundar-se num poço sem fundo. Ava não consegue aguentar a pressão de saber que é a nova obsessão de Jesse e que todos os seus movimentos estão a ser seguidos e calculados, não tendo um momento de privacidade.

Embora ambos voltem a namorar, a verdade é que Ava quer que Jesse a deixe respirar um pouco. Que não se intrometa nas reuniões com os seus clientes. Que a deixe sair um pouco e divertir-se com as amigas. Que a deixe trabalhar sem estar constantemente a intrometer-se. Mas Jesse é demasiado obsessivo e não quer de forma alguma afastar-se de Ava, conseguindo que esta fosse viver com ele para estar mais tempo com ela.

Achei este livro bem melhor do que o anterior. A personalidade de Ava está mais bem desenvolvida, mas a evolução de Jesse foi bem mais significativa. Apesar disso não consegui ligar-me às personagens. Ava é uma pessoa com quem me é difícil de criar laços, não sinto nem pena dela nem ódio por ela, não me arrancando praticamente nenhuma reação. Por outro lado Jesse esta muito bem desenvolvido, bem melhor do que Ava, mas apenas me desperta sentimentos negativos. É talvez a personagem literária mais obsessiva que conheço. Segue Ava constantemente para todos os locais possíveis e imaginários, sendo que esta obsessão é tudo menos saudável, sendo deveras irritante.

Já o casal de Kate e Sam, esse sim, seria um casal que valia a pena aprofundar. São personagens secundárias, sendo os melhores amigos de Ava e Jesse, respetivamente, mas são personagens mais terra a terra, mais reais e muitíssimo engraçadas. Era com estas que eu me ria e era dos poucos momentos sãos em todo o livro, pois os outros momentos apenas tinhamos Ava e Jesse que me enervavam profundamente. Se eu tivesse uma relação com um homem daquele tipo, por muito bem parecido e rico que ele fosse, acho que endoidecia.

Uma livro que embora melhor que o primeiro não é marcante, sendo apenas mais uma leitura no meio de muitas.

0 devaneios :