Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sábado, 1 de agosto de 2015
Autora: Penny Vincenzi
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 640
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04756-4

Sinopse:
A House of Farrell é a casa criadora de The Cream, um distinto produto de beleza que tem atraído o público feminino à elegante loja na Berkeley Arcade, desde a sua fundação em 1953.
Mas o mundo da cosmética está em mudança e a outrora gloriosa House of Farrell encontra-se em declínio, com as suas clientes em debandada a serem tentadas por marcas modernas que entretanto surgem no mercado.
Decidida a salvar o que resta do império da lendária Athina Farrell, surge a determinada Bianca Bailey, uma mulher de negócios, intimidante, mãe de três crianças e extraordinariamente obstinada em recuperar uma empresa ultrapassada e descapitalizada. Mas maior desafio do que relançar uma marca fora de moda será a relação com Athina Farrell: uma tarefa que acabará por colocar em risco a sua carreira, a sua autoconfiança e até o equilíbrio da sua família.


Opinião:
Uma autora muitíssimo conhecida que, mais uma vez, não constava no meu reportório de leituras. Algo que devia alterar e decidi fazê-lo através deste livro. Uma capa simples e muitíssimo bonita, uma sinopse interessante, porque não?

Bianca Bailey começou a sua carreira do zero. Começara por pequenos produtos e marcas que ninguém conhecia e que não tinham interesse público algum e escalara para uma das mulheres mais conhecidas dentro do negócio. Bianca consegue agarrar em qualquer empresa prestes a desaparecer e dar-lhe uma nova cara. Consegue reorganizar toda a empresa e torná-la conhecida, dando-lhe lucro como nunca antes esta vira. Após algumas campanhas muitíssimo bem sucedidas, surge agora a sua grande aventura, a House of Farrell.

House of Farrell pertence à família Farrell há diversos anos. Através de uma grande persistência e muitos sonhos, a House of Farrell tornara-se uma das grandes marcas de cosmética. Mas ao longo do tempo a marca decidira manter os seus produtos inalterados, não acompanhado as novas descobertas e invenções do mundo da cosmética. Prestes a entrar em falência, a companhia cai nas mãos de Bianca que acaba por descobrir uma empresa muitíssimo disfuncional, onde inúmeros empregados faziam tarefas das quais não percebiam nada e destruíam ainda mais a marca que já se estava a arrastar pela lama. A missão de Bianca parecia simples, fazer da sua magia e devolver o esplendor à House of Farrell. Mas a senhora Athina Farrell, dona da marca, está decidida a fazer de tudo para que as ideias de Bianca não vão para a frente.

Gostei muito deste livro. Uma coisa que tenho descoberto é que, à medida que os anos passam os meus gostos literários alteram-se um pouco e este foi sem dúvida alguma um dos livros em que essa mudança se tornou mais visual para mim. Este livro é um drama familiar, em que a linha que une todas as ações são a House of Farrell. E é através da marca que conhecemos a viciada em trabalho Bianca Bailey. Mãe de dois filhos e com um marido que, por sorte, tem um trabalho que lhe permite compensar o tempo em que está a trabalhar, Bianca pensa que tem a vida perfeita. Mas ao longo de toda a narrativa descobrimos que Bianca, que se tenta demonstrar controlada, decidida e forte em todas as ocasiões, acaba por ir abaixo quando se depara com Athina, uma mulher que gosta de ter tudo como quer e que está decidida a destruir Bianca, apesar de admitir que esta é boa no seu trabalho. Uma disputa que se coloca entre Bianca e o marido...

Vamos passando pela vida destas duas mulheres e descobrimos que as suas vidas não são assim tão perfeitas quanto isso e muito por sua própria culpa. Outra personagem que adorei foi Florence. Uma mulher que conhecia muitíssimo bem o negócio e que o adorava apesar de não ter a mesma visão da dona, Athina. Uma mulher muito querida e que acaba por revelar muitos segredos relacionados com a House of Farrell.

Um livro que gostei e recomendo.

0 devaneios :