Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

domingo, 25 de outubro de 2015
Autora: Melissa Hill
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 384
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897413247

Sinopse:
Leonie estava apaixonada e noiva, mas decidiu fugir da sua antiga vida em Dublin para começar de novo - algures onde ninguém a conheça nem ao segredo de que ela foge. Ao instalar-se no seu novo apartamento encontra por acaso um maço de cartas de amor, todas escritas por um homem chamado Nathan e dirigidas a uma mulher desconhecida. Todas as cartas terminam de forma intrigante com as mesmas três palavras: «Por favor, perdoa-me».
Comovida com as palavras sinceras de Nathan, Leonie propõe-se a desvendar o mistério do casal e do que lhes correu mal. Se entregar as cartas à legítima proprietária, poderá o amor da vida de Nathan conseguir perdoar-lhe? E durante o processo talvez Leonie consiga também perdoar ela própria algumas coisas…


Opinião:
Já tinha lido um livro da autora, a minha estreia com a mesma. Na altura gostei do livro, da simplicidade da história e da magia e amor da mesma. No início fiquei a pensar se este seria uma continuação do livro anterior, não sei porquê mas o título puxou-me para essa conclusão, mas depressa me apercebi que não era bem assim e que este era um livro independente. E muito sinceramente, um livro que gostei mais do que o que tinha lido anteriormente.

Leonie tinha saído de uma anterior relação de uma forma brusca e repentina. Fugindo, literalmente, da sua terra natal, muda-se para São Francisco onde se instala num simpático e acolhedor apartamento. Enquanto arruma as suas coisas encontra, escondidas numa pequena caixa de madeira, dezenas de cartas por abrir que terminam todas com a frase «Por favor, perdoa-me». Curiosa e romântica como é, Leonie quer saber porque é que as cartas nunca foram abertas. Porque é que cartas tão bonitas e românticas (afinal Leonie abriu algumas cartas para as ler) foram deixadas a ganhar pó escondidas no fundo de um roupeiro?

Leonie consegue assim juntar mais pessoas ao seu pequeno grupo de românticos. Uma dessas pessoas é Alex, uma mulher que se mantém longe do seu marido. Um homem de quem quer o divórcio mas que consegue sempre desaparecer quando é altura de assinar os papéis. Mas Alex está mais do que decidida desta vez, especialmente agora que descobrira um novo amor, alguém que a adora e demasiado querido para ela.

Gostei muito mais deste livro do que o anterior. Gostei mais do drama, das personagens e da sua maneira de ser e estar na vida. Apesar de inicialmente o livro focar-se em Leonie, com o andar da narrativa comecei a interessar-me mais por Alex e a sua vida romântica. Alex era uma personagem forte e bem estudada pela autora, enquanto Leonie tinha uma menor caracterização e era um pouco simples, por assim dizer. Faltava-lhe algo, algo que Alex tinha, daí ter sido uma personagem que me chamara mais a atenção.

Comparativamente ao livro anterior da autora que tinha lido, "Prometo Amar-te", gostei muito mais deste. Uma narrativa não tão linear e mais aprofundada, bem escrita e com personagens cujas histórias se interligam de forma inteligente. Além disso não achei um romance tão romântico e fantasioso como o anterior que tinha lido.

Sem dúvida um livro que gostei de ler e uma autora que recomendo!

2 devaneios :

ℒιℓιαηα ღ disse...

Estou SUPER curiosa com esta autora! :D

Vanessa Montês disse...

É uma autora de livros leves muito românticos :) Tem que experimentar! Feliz Natal!