Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 19 de agosto de 2011
Autora: Yrsa Sigurdardóttir
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 512
Editor: Livros Quetzal
ISBN: 9789725649534
Coleção: Serpente Emplumada

Sinopse:
Trinta anos após a mais sensacional erupção vulcânica da Islândia, nas Ilhas Westland, foi permitido aos antigos habitantes revisitarem os seus lares soterrados pela cinza e pela lava.
Markus Magnusson descobriu na cave da sua casa de então três cadáveres e várias cabeças. Quando interrogado pela polícia, declarou que, a pedido de uma amiga de infância, fora recuperar uma caixa que aí tinha escondido 30 anos atrás, pouco tempo antes da fuga da catástrofe. Mas eis que a amiga é assassinada antes de poder desvendar o conteúdo da tal caixa.
Este é o ponto de partida para uma empolgante investigação policial da advogada Thóra Gudmundsdóttir, que irá encontrar muito segredos de família e fantasmas que continuam a assombrar a chamada Pompeia do Norte.


Opinião:
Está confirmado... ando a descobrir o meu novo fascínio por policiais!

Markus Magnusson decidiu desenterrar a sua casa que havia sido soterrada devido a uma grande erupção vulcânica. Mal sabia ele que ao fazê-lo iria encontrar vários corpos, um dos quais sem cabeça! É aí que pede ajuda a Thóra Gudmundsdóttir, uma grande advogada que se vai ver metida num drama que não estava à espera.

Thóra começa a fazer uma verdadeira busca policial pelo verdadeiro culpado na pequena ilha onde nada é o que parece e onde o que não faltam são mistérios... Mas quando pensa que conseguiu salvar o seu cliente, eis que tudo cai por terra ao descobri que a mulher que lhe tinha pedido para desenterrar a casa fora encontrada morta. Embora no início se pensasse que fosse suicídio, depressa se descobre que não é bem assim!

Decidida a provar a inocência do seu cliente, Thóra entra num mundo cheio de segredos e onde nada é o que parece!

Sim, sem dúvida que não consigo fazer sinopses de policiais! Especialmente estes que tenho lido nos últimos dias em que cada página tem algo novo! Eu ainda só li um dos livro de Stieg Larsson, mas adorei-o e quando li a comparação da autora deste livro a Stieg Larsson, tive de o ler! É verdade que a Trilogia Millenium tem personagens que na minha opinião são mais "emblemáticas" que as criadas por Yrsa Sigurdardóttir, mas o género de escrita é muito idêntico e mesmo os componentes da história são um tanto ou quando parecidos! Yrsa Sigurdardóttir escreve muitíssimo bem, descrevendo os ambientes muitíssimo bem e aprofundado as personagens de uma maneira que começamos a conseguir praticamente ler-lhes a alma, o que torna o livro muito mais interessante e especial!

Não direi a quem goste de Larsson para ler porque este livro é igual porque seria mentira, mas direi para o lerem porque é um policial muito bom e com um final totalmente inesperado! Leiam mesmo que não seja do fosse género literário favorito, pois não é o meu e mesmo assim adorei!

0 devaneios :