Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

domingo, 29 de janeiro de 2012
Autora: J. R. Ward
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 488
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789898228673

Sinopse:
Isaac Rothe é um assassino, desertor do exército e por isso, manter-se nas sombras é a única maneira de sobreviver. Ao fugir do seu antigo chefe, é preso e o seu futuro fica nas mãos da bela defensora oficiosa, Grier Childe. A forte atração que existe entre eles pode ser fatal.
Continuando a sua missão, Jim Heron deve salvar a alma desse soldado. E, ainda, enfrentar um jogo sexual perverso com o demónio Devina. O desejo dela por Jim levará ambos a um caminho sem regresso, onde apenas um deles poderá vencer.
Isaac deve decidir se o soldado que existe nele é capaz de acreditar que o amor é a melhor arma para vencer esta batalha e livrar-se do seu passado sombrio.


Opinião:
No primeiro livro desta saga seguimos Jim Heron na descoberta do seu destino. Um homem cujo coração já conheceu o mal e o bem, e que é o único capaz de fazer a guerra entre o céu e o inferno justa.

Isaac Rothe é pura força bruta. Um daqueles homens que ao vermos não conseguimos escolher entre medo e admiração. Um homem que emite sensualidade bruta e que por muito assustador seja, tem uma calma em si deveras estranha. Isto é Isaac Rother, um homem que está a fugir da sua antiga vida, um homem que quer compensar todos os erros que fez, que quer lutar para melhorar.

Grier Childe é uma mulher rica. Mas tal não a torna uma convencida de nariz empinado. Embora se vista bem e tenha uma aura de "senhora" à sua volta, Grier é uma mulher simples que é designada para representar Isaac após este ser apanhado numa luta ilegal. Embora assustada com o porte do seu cliente, há algo em Isaac que faz com que Grier o queira ajudar... e o queira para ela!

Isaac teve um passado difícil, passado esse em que não quer envolver Grier, fazendo o máximo que consegue para a assustar e manter à distância, acabando por demonstrar assim uma meiguice que Grier não esperava dele, o que faz com que o seu desejo para o ajudar aumente exponencialmente.

Com a sua já conhecida escrita, fluída, simples e muito sensual, J. R. Ward consegue mais uma vez prender a nossa atenção e fazer-nos sentir uma ligação por Isaac e Grier, fazendo-nos seguir a sua história com uma curiosidade crescente. O principal ponto que distingue este livro do anterior é o tipo de romance entre as personagens principais. No livro anterior Devina era amante de Vin diPietro (personagem principal do primeiro livro da saga), mas este apaixonou-se por uma mulher cujo corpo era o seu instrumento de trabalho. Todas estas personagens fizeram com que o livro anterior fosse mais sensual, por assim dizer. Este tem outro tipo de sensualidade, não tão presente mas mesmo assim encontramo-la.

Personagens bem desenvolvidas, que nos passam os seus sentimentos e que fazem com que consigamos senti-los na pele. Outro excelente livro desta autora! Uma saga que vale mesmo a pena acompanhar!

2 devaneios :

Jojo disse...

Bem, mais um livrinho para wishlist!:)

v_crazy_girl disse...

eheheh, fazes muito bem! Esta coleção é bem boa!