Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sábado, 25 de fevereiro de 2012
Autora: Kate Pearce
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 292
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789898228680

Sinopse:
Satisfação sexual...
Os dez anos como escravo sexual num bordel turco fizeram com que Lorde Valentin Sokorvsky tivesse um insaciável apetite sexual. Agora, chegou a hora de casar, mas encontrar uma mulher que consiga satisfazer os seus luxuriosos desejos representa um autêntico desafio para ele... Até que conhece Sara e tudo em que consegue pensar é em tê-la sob o seu corpo viril, suplicando-lhe que o saboreie e o acaricie.

Sedução sensual...
Sara Harrison sabe que deveria ficar escandalizada e assombrada pelos atrevidos avanços de Lorde Sokorvsky, mas, ao invés, sente-se secretamente excitada e atraída por aquele homem sensual e sedutor. Escondida atrás da sua calma e das suas maneiras requintadas, encontra- se uma mulher sensual que deseja as carícias íntimas de um homem e anseia ser educada na arte da sensualidade para dar e receber prazer e sucumbir a um louco desejo que não conhece limites.


Opinião:
O que me chamou a atenção neste livro em primeiro lugar foi sem dúvida a belíssima capa. Imensamente sensual, mas ao mesmo tempo probida. Uma capa que já vinha a adivinhar parte do que dali viria. Além disso devido a várias críticas que já tinha lido antes de ler o livro, percebi que o conteúdo do livro seria muito mais sexual do que o que eu estou habituada. O que acabou por se revelar uma grande verdade.
Sara Harrison e Lorde Valentin Sokorvsky nada têm de igual entre si. Duas personagens muitíssimo distintas em tudo tirando na sua teimosia. Ao conhecermos as personagens, a primeira coisa que nos surgem em mente é: mas como é que duas pessoas tão distintas se acabam por casar? Depois de analisar mil e uma hipóteses a única resposta possível é casamento de conveniência. Algo muito utlizável naquela altura. E embora Valentin inicialmente não estivesse prometido a Sara, há algo na sua maneira de ser e pensar que o atraiem de uma forma impossível de descrever.

Mas o que acaba por os juntar como casal, após o casamento, não é o amor normal de um casal, mas sim o amor que eles descobrem juntos na cama. Um amor que está relacionado com a exploração sexual e pela fantástica sintonia sexual que existe entre o casal da história.

Eu sabia que esta história seria muito mais sexual do que estava habituada, mas nunca pensei que fosse tanto! É uma história em que a palavra sexo reina, em que a relação do livro existe devido a sexo... É um livro que roda em torno dessa palavra. Mas que por trás tem uma história gira e que acaba por aprofundar a história do amor do livro. Devagar vamos desvendando imensas segredos enquanto que as personagens ultrapassam os seus traumas pessoas.

É um livro que até gostei, mas achei que tinha uma carga sexual demasiado elevada. Irei dar uma hipótese ao próximo livro e dependendo desse irei decidir se sigo a saga ou se apenas a irei ler se por acaso conseguir arranjar os livros.

0 devaneios :