Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012
Autora: Rosa Luna
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 176
Editor: Livros d'Hoje
ISBN: 9789722048002
Coleção: Tiara

Sinopse:
Mariana nasceu sete minutos depois de Rosa Maria. A sua vida estava destinada a ser pequena e esquecida, com um namorado sem dinheiro que ainda vivia com a mãe. Num finca-pé pouco habitual, Mariana conseguiu tirar um curso administrativo, um de inglês e outro de francês e começou a trabalhar numa grande empresa. Era a Mariana ao fundo da sala, competente mas sem história. Tudo se transforma com a chegada do filho do patrão, Diogo Vargas, um homem estonteante, bem vestido, perfumado, com um sorriso irresistível. Ainda não tinham trocado uma palavra e Mariana já imaginara o casamento, os filhos, o sexo extraordinário. Nada seria possível sem uma autêntica revolução. Esta chega pelas mãos de umas amigas - um par de lésbicas bem dispostas e atrevidas - que obrigam Mariana a mudar o visual. Radicalmente. O patinho feio torna-se um cisne com cabelo assimétrico, roupa de outlet e sapatos com cunha. Depois? Diogo repara na Mariana ao fundo da sala e vão jantar. Nada corre como seria de esperar. Ou será que Mariana conseguirá o seu sonho? Uma coisa é certa: o amor não escolhe nem tempo, nem lugar.


Opinião:
Depois de ter um lido um livrinho desta coleção não resisti a ler outro e mais uma vez foi como uma lufada de ar fresco. Sim é verdade que os livros desta coleção não são daqueles livros com uma história fabulosa, mas são excelentes para descontrair e passar uns bons momentos.

Mariana é a irmã gémea mais nova. Só este facto fá-la ser renegada para segundo lugar e a sua irmã ser a filha do coração dos pais. Sentindo-se sempre inferior, embora saiba que é mais bonita que a irmã, Mariana nunca se preocupou com a aparência, jogando sempre pelo seguro. Roupa segura, saparos seguros, penteado seguro, vida segura. Nem o acabar da sua relação de seis anos a fazem mudar isso. Antes pelo contrário, ainda a fazem pensar mais em "mas o que é que eu tenho de errado". Pois uma relação de seis anos acabar é mau, mas terminar e o namorado ir para os braços da prima piora ainda mais a situação.

Prestes a desistir do amor, tudo muda quando vê Diogo, o seu novo chefe e filho do dono da empresa. Diogo é um homem lindíssimo, sorridente e muitíssimo simpático. Tudo o que se quer num príncipe encantado e é isso mesmo que Mariana vê nele... o seu príncipe encantado, o homem dos seus sonhos. Mas sendo uma pessoa tímida e calada, Mariana não espera nada do seu chefe e apenas o vê de longe, seguindo todos os seus passos, criando, como a própria diz, o puzzle de Diogo, tentado descobrir os seus gostos, os seus ódios, as suas diversões e muito mais sobre ele.

Conseguindo transferência para o departamento em que Diogo trabalha, Mariana fica ainda mais obcecada por ele, obsessão essa em que é ajudada por Inês, a secretária pessoal de Diogo. Mas Inês não se fica por transmitir informações sobre o seu chefe. Tornando-se uma das melhores amigas de Mariana, Inês e Joana (namorada de Inês) ajudam Mariana e fazem-lhe a maior transformação de todos os tempos, mudando-lhe as suas roupas, o seu penteado e até os acessórios! E é com esta mudança que Diogo se apercebe da existência de Mariana e o impensável acontece!

Após lerem este resuminho de certeza que estão a pensar "típica história romântica". E sinceramente, sim é... Mas a beleza da história esta em como é contada, através de um texto escrito por Mariana e que é dirigido para Diogo, como se fossem várias cartas. Mariana é também uma personagem deveras interessante. É a mulher comum, a mulher que se arranja apenas o suficiente para estar apresentável, para se sentir confortável. Mas mostra que uma simples alteração no estilo pode até alterar algumas coisas na própria pessoa através de um aumento de confiança. Diogo também é mais comum do que parece no início. Quando o conhecemos pela primeira vez e lemos a sua apresentação a Mariana só pude pensar "fogo, o tipo é rápido!", mas não, nem tudo é o que parece e Diogo acaba por se mostrar uma personagem muitíssimo querida e muito preocupada com a grande mulher da sua vida. É através destas personagens que conseguimos entrar no ritmo do livro e perceber o que elas sentem.

Uma coisinha que tenho que referir e que está escrito na bandana da contra capa, foi que a autora adaptou o livro de propósito para a versão portuguesa. Pequenos pormenores, como localizações e nomes de personagens. Foram essas as adaptações, o que mostra uma autora preocupada com os seus leitores e foi sem dúvida um acto que eu gostei muito e que tem a sua graça.

Um livro que nos proporciona inúmeros momentos de riso, que nos diverte e que nos prende. E que embora não seja uma obra prima tem uma história simples e fácil de seguir, sendo excelente para descontrair.

2 devaneios :

Carol disse...

olá gostei muito do teu blog e vou segui-lo.
quando puderes, dá uma espreitadela no meu :http://palavrassoltas-carol.blogspot.pt/

v_crazy_girl disse...

Olá!

Ainda bem que gostaste :D Vou dar uma olhadela no teu blogue :D