Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sábado, 17 de novembro de 2012

Autor: Luz Gabás 
Editora: Marcador 
Nº de Páginas: 505 
Preço (c/Iva): 19,95 € 
ISBN: 978-989-8470-58-4

UMA EXTRAORDINÁRIA HISTÓRIA DE AMOR. 
AS MEMÓRIAS DE ÁFRICA TÊM SEGREDOS IMPOSSIVEIS DE ESCONDER. 

Estamos no ano de 1953 e Kilian abandona a neve da montanha para iniciar com o seu irmão Jacobo, uma viagem apenas de ida para uma terra desconhecida, longínqua e exótica. Nas entranhas deste exuberante e sedutor território, espera-os o seu Pai, um veterano que trabalha na fazenda de Sampaka, o lugar onde se cultiva e tosta um dos melhores cacaus do mundo. 
Nessa terra eternamente verde, cálida e voluptuosa, os jovens irmãos descobrem os encantos de uma vida social na colónia em contraste à vida monótona e cinzenta que se vivia na Espanha dos anos cinquenta. Trabalham o cacau com afinco e esforço para conseguir as melhores colheitas, conhecem o significado da amizade, da paixão, do amor de do ódio. Mas um deles irá cruzar uma linha proibida e invisível ao apaixonar-se perdidamente por uma nativa. Esse amor pulsante e urgente, marcado pelas circunstâncias históricas, irá mudar para sempre o rumo das suas vidas e será a origem de um segredo que marcará as suas vidas até ao tempo presente. 
No ano de 2003, Clarence, filha e sobrinha desses dois irmãos é levada pela curiosidade de conhecer a suas origens e fica envolvida num ruidoso passado de Kilian e Jacobo onde descobre a podridão desse segredo que finalmente será revelado. 


Luz Gabás nasceu em 1968 em Mozón (Huesca). Os melhores momentos da sua infância e juventude tiveram lugar entre a terra onde vivia a sua família paterna (Cerler, no vale de Benasque) e a terra da sua família materna (Serrate, no vale de Lierp). Depois de viver um ano em San Luis Obispo (California), estudou em Zaragoça, onde se licenciou em Filologia Inglesa e conseguiu mais tarde ocupar o lugar de professora universitária. Durante anos aliou a docência universitária ao trabalho de tradutora, à publicação de artigos e à investigação em literatura e linguística, e participou ainda em projectos culturais, teatrais e de cinema independente. 
Desde 2007 vive na lindíssima vila de Anciles, cerca de Benasque (situado nos Pirenéus espanhóis), onde se dedica, entre outras coisas, a escrever. 

0 devaneios :