Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo #1

Passatempo #1
Até 24 de dezembro

Passatempo #2

Passatempo #2
Até 27 de dezembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013
Autora: Patricia Briggs
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 288
Editor: Saída de Emergência
ISBN: 9789896373887

Sinopse:
Bem-vindo ao mundo de Patricia Briggs, um lugar onde bruxas, vampiros, lobisomens e seres feéricos vivem lado a lado com os humanos. Só uma mulher invulgar como Mercy Thompson poderia sentir-se em casa num lugar assim.
Ainda a curar-se, tanto no espírito como no corpo, dos brutais acontecimentos ocorridos recentemente na sua vida, Mercy Thompson está longe de poder baixar a guarda. Agora é a rainha dos vampiros, a temível Marsilia, que está furiosa por descobrir que Mercy não só matou um vampiro como também oculta uma identidade secreta ameaçadora para os da sua espécie… Mercy tem a proteção do bando local de lobisomens, e o seu interesse romântico pelo Alfa torna a ligação ainda mais intensa, mas é bom que a coiote em si esteja alerta, pois a rainha Marsilia não perdoa e irá atrás de Mercy de uma forma ou de outra…


Opinião:
Quem já conhece o blogue há algum tempo sabe que ADORO esta saga da autora Patricia Briggs. Uma saga em que o principal ingrediente é a personagem principal, uma personagem feminina forte e determinada.

Neste livro continuamos a acção com que nos deparamos no anterior, mais propriamente com as consequências deste. No último livro Mercy criou inúmeras inimizades com vampiros e com uma vampira em especial... Marsilia, a rainha do vampiros. Uma criatura bela, poderosa e considerada por muitos louca. Stefan, um grande amigo (vampiro) de Mercy, é o braço direito da rainha Marsilia, mas este tem também um grande carinho pela coiote, o que o faz levantar imensos olhares da parte de Marsilia e dos vampiros que a acompanham. No último livro Mercy matou não apenas o vampiro que tinha autorização para liquidar para também outro, para sua própria proteção, algo que não caiu propriamente nas graças da horrível rainha vampírica.

Decidida a não deixar passar impune esta transgressão às suas ordem, Marsilia castiga Stefan de uma forma que todos julgavam impossível, não apenas queimando-o mas havendo inclusive "descamação" incluída na tortura. Deixando-o como um pequeno presente à porta de Mercy, esta fica chocada quando o vê, mas nada consegue fazer pois a violação que sofrera no final do último livro deixara demasiadas sequelas psicológicas e aproximar-se de alguém do sexo oposto a ponto de lhe tocar era demasiado para Mercy. Aliás, nem para ser tocada por Adam ela consegue acalmar-se. Finalmente a relação entre Mercy e Adam, o alfa da zona, começa a estabilizar, fazendo com que as relações entre o bando fiquem mais calmas, o que acaba por apoiar imensamente Mercy, que sofre imenso de solidão imposta do si mesma.

Mas a nossa heroína nem tempo tem para descansar, pois percebe que o facto de Stefan ter sido deixado à sua porta era um aviso... um aviso que ela seria a seguinte! Isso é confirmado quando à porta da sua oficina encontra-se uma cruz de ossos... sinal de que quem que more ali está prestes a ser assassinado...

Eu adoro esta saga, acho-a muitíssimo bem escrita, com uma história fantástica e mesmo sendo uma saga a começar a ficar grandinha a autora tem sempre uma boa história para contar o que me fascina imenso! As personagens são fantásticas, adoro a Mercy pelo seu espírito forte e independente, adoro a personagem que temos vindo a descobrir mais recentemente de Stefan, um vampiro muitíssimo forte e antigo que apesar de tudo adora a nossa heroína e Adam, um forte vampiro alfa que está caidinho pela personalidade forte de Mercy começando a relação destes a ser muito mais desenvolvida do que em todos os outros livros.

A história é muito boa, é uma forma de pôr mais alguns "acentos dos i's", mostrando as verdadeiras sequelas que a violação tiveram em Mercy e o que ainda está a passar pela cabeça da rainha dos vampiros. Gosto imenso disso pois embora eu saiba que é fantasia e que tais coisas não existem, podemos passar isto para o nosso mundo. Muitas vezes nestas histórias depois do que se passou a Mercy acaba por ocorrer algo em que a personagem percebe que está para sempre protegida e fica bem, mas aqui não, ela sabe que está protegida, mas está em constante batalha consigo mesma e são esses os sentimentos que nos são descritos nos livros. A parte de Marsilia também. Lá por ela ter fugido uma vez não quer dizer que fique tudo bem e a história acaba. As pessoas têm memória e mais importante adoram vingança e "justiça" e é isso que vemos neste livro.

Mais uma vez adorei este livro, embora, talvez por na minha opinião não ter havida tanta dinâmica como nos livros anteriores pois há menos lutas, fugas, etc, tenha considerado este o livro mais fraco até à data. Mas isso não me impediu de considerar este um livro de 4 estrelas em 5. Recomendo!

0 devaneios :