Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo

Passatempo
Até 24 de dezembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 19 de março de 2013
Autor: Marcello Simoni
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 400
Editor: Clube do Autor
ISBN: 9789897240294

Sinopse:
Não é comum um livro reunir o consenso da crítica e dos leitores, mas O Mercador de Livros Malditos conquistou uns e outros. Mais: ambos afirmam que se trata de uma das mais interessantes estreias dos últimos anos.
O Mercador de Livros Malditos é uma história envolvente, marcada por intrigas, segredos ocultos durante séculos e mistérios que vão para lá do conhecimento de sábios e de alquimistas.
Ao longo das suas páginas o leitor viaja por Itália, França e Espanha no rasto do Uter Ventorum, um livro raro, desmembrado em quatro partes e protegido por intrincados enigmas que, uma vez resolvidos, permitem evocar os anjos e a sua divina sabedoria.


Opinião:
Sempre gostei de livros que misturam mistério, religião e muita intriga. Embora não seja cristã, nem crente em qualquer religião, não posso deixar de afirmar que estas têm os seus mistérios e as suas histórias passadas chegam a ter imenso encanto e lições, tanto positivas como negativas.

Ignazio de Toledo é um homem cheio de segredos. Viaja há anos em busca de um grande segredo que lhe fora confiado por um grande amigo, a chave para a verdade sobre os anjos, a verdade sobre o mundo. Um livro que poderá dar imenso poder a quem lhe puser as mãos em cima. 

Numa viagem algo atribulada, onde o nosso mercador irá viajar de país em país, não só procurando essa relíquia - um livro dividido em quatro partes -, mas também fugindo daqueles que o perseguem com o objectivo de adquirir também eles o livro, iremos ter um drama em que vemos confianças cruzadas, pessoas que julgávamos de confiança que afinal são mais enganadoras do que esperávamos e várias reviravoltas.

Muito sinceramente não sei bem como classificar o livro no final. Embora seja um livro de rápida leitura, pois a escrita é simples e fluída e os capítulos estão estruturados de forma a serem pequenos, o que ajuda sempre a "puxar" a leitura, houve algo que me faltou no livro. Achei o trama muito superficial e senti falta de algo mais profundo no livro. Mais profundidade nas próprias personagens, mais profundidade no trama que se desenrola ao longo de todo este livro. Não é um mau livro, não é isso que estou a dizer, porque até o li rapidamente e gostei, mas por vezes a velocidade não diz nada relativamente à qualidade do livro e este, embora um livro que até é "engraçadito", falta-lhe algo, falta-lhe aquele "quê" que poderia torná-lo um livro muito bom. Tem os ingredientes de um óptimo livro, mas não foram suficientemente explorados, ou então não foram explorados da forma correcta.

Falta profundidade às personagens e a parte histórica, embora se note que houve pesquisa, devia ser mencionada mais vezes ou de outra forma.

Um livro que poderia sem dúvida ter sido melhor explorado, embora não seja uma má leitura.

1 devaneios :

ritzz disse...

Tenho que ler!

xoxo
run-your-world.blogspot.pt