Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 18 de abril de 2013
Autora: Lara Adrian
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 330
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897260384

Sinopse:
Quando cai a noite, Claire Roth foge de casa, impelida por uma feroz ameaça que parece ter saído do próprio inferno. Então, de entre as chamas e as cinzas, aparece um guerreiro vampiro. Ele é Andreas Reichen, o seu antigo amante, agora um estranho consumido pela vingança. Apanhada no fogo cruzado, Claire não pode escapar da sua fúria selvagem, nem da fome que a arrasta para o seu mundo de eterna escuridão e infinito prazer.
Nada impedirá Andreas de destruir o vampiro responsável pelo massacre dos seus irmãos de Raça… mesmo que isso signifique utilizar a ex-amante como isco na sua missão mortífera. Ligada pelo sangue ao seu perigoso adversário, Claire pode conduzir Andreas até ao inimigo que ele procura, mas é um caminho repleto de perigos… e de profundos e inesperados prazeres. Pois Claire é a única mulher que Andreas não deve desejar, e a única que amou. Inicia-se assim uma perigosa sedução que dilui a linha que separa presa e predador e aviva as chamas de uma ardente paixão que pode consumir tudo no seu caminho...


Opinião:
Há imensas sagas que se centram num bando de seres sobrenaturais que lutam contra o mal, e depois cada livro é sobre um desses indivíduos, dando assim origem a sagas enormes e que têm inúmeros leitores fiéis, que leiem sempre o novo livro da saga quando sai nas bancas. Mas entre estas inúmeras sagas, existem aquelas que eu acho que simplesmente não valem a pena perder o meu tempo, e depois há aquelas que eu acho excelentes e que quero ler, pertencendo assim a esse tal grupo de fiéis! E esta pertence a este último grupo.

Claire acorda sob o cheiro a queimado a vir da sua própria casa. Assustada, procura os seus guardas e encontra uns mortos e outros a lutar contra um vulto assustador e de aspecto poderoso. Com medo daquela figura, foge para a floresta, sentido-se perseguida por quem quer que estivesse a atacar os seus guardas. Mas quando a pessoa que a assustara chega ao pé dela, fica chocada ao descobrir que era Andreas Reichen, um antigo amor e amante. Alguém que ela pensara que havia morrido, alguém que ela nunca mais considerara que ia ver!

O abrigo de Andreas fora destruído e todas as pessoas, mulheres e crianças incluídas, foram chacinadas de forma cruel e fria. Aquela era a família de Andreas e este, possuído pelo ódio, vai atrás do marido de Claire, pois Andreas sabe que tinha sido este quem mandara a destruição do abrigo. Mas ao ver Claire algo se agita dentro dele e acaba por não a magoar, pois há muito tempo antes amara-a e não queria acreditar que esta soubesse dos planos do marido e não tenha feito nada para ir contra estes. É então que tenta não se aproximar de Claire, pois Andreas tem um poder único, que lhe permite aquecer toda a superfície do seu corpo, como que a superfície do sol, fazendo com que tudo o que se aproxime morra devido ao calor.

Este é um livro um pouco mais fora da irmandade do que o normal. Normalmente os livros desta saga estão directamente relacionados com os personagens masculinos que pertencem aos guerreiros da raça, mas desta vez estamos a ler sobre alguém fora desse grupo, que embora por vezes os ajude, tem a sua vida toda num dos refúgios existentes mas pessoas da raça que se estão a esconder. Ou melhor, tinha a sua vida aí.

Gostei imenso deste livro e toda a relação entre Claire e Andreas. Um casal que fora separado quando Andreas desaparecera por uns tempos, e quando regressara descobrira que Claire estava casada com outro, alguém poderoso entre as pessoas da raça. Resignado com a sua sorte, Andreas dá a sua vida ao refúgio e a todos os que lá moram, sendo como que a sua verdadeira família, mas num dia em que estava a ajudar os guerreiros, quando regressa encontra apenas corpos, incluído pequenos corpos de criança. Este é um pesadelo que é descrito várias vezes ao longo do livro, quando Claire cuida da saúde a Andreas. Andreas vive um verdadeiro pesadelo, que apenas encontra a luz quando Claire começa a cuidar dele e a se preocupar com o que lhe acontecera. Ao estarem juntos, acabamos por descobrir que Claire é uma mulher forte, destemida e que não tem medo de lutar pelo que quer. É com esta força de espírito de Claire acaba por decidir ir contra o marido e ajudar Andreas, que acaba por descobrir que ainda a ama como antes.

Uma história muitíssimo querida e forte entre estas duas personagens que nos mostra a vida exterior à casa dos guerreiros, mostrando-nos como vivem outros seres da raça. Recomendo!

0 devaneios :