Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo

Passatempo
Até 24 de dezembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 7 de maio de 2013
Autora: Maya Banks
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 336
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722525510

Sinopse:
Ewan, o mais velho dos irmãos McCabe, é um guerreiro decidido a destruir o seu inimigo. Agora que o momento é ideal para a guerra, os seus homens estão preparados e Ewan quer reaver aquilo que lhe pertence - até que uma tentação de olhos azuis e cabelo negro se atravessa no seu caminho. Mairin pode muito bem ser a salvação para o clã de Ewan, mas, para um homem que sonha com vingança, as questões do coração são um território desconhecido a conquistar.
Mairin é filha ilegítima do rei e é senhora de propriedades valiosas que a obrigaram a esconder-se e a desconfiar do amor. Os seus piores receios acabam por acontecer quando é salva do perigo mas depois obrigada a casar com o seu salvador, Ewan McCabe, um homem carismático que está habituado a mandar. Mas a atração que sente pelo seu novo marido fá-la desejar o seu toque; o seu corpo ganha vida com a mestria sensual dele. E à medida que a guerra se aproxima, as forças, o espírito e a paixão de Mairin obrigam Ewan a derrotar os seus próprios fantasmas e a entregar-se a um amor que significa mais do que a vingança e a terra.


Opinião:
Adoro Highlanders! Não, nunca conheci nenhum, mas em todos os livros eles são descritos de uma forma tão... fantástica, que não consigo parar de pensar que gostava de conhecer um em carne e osso para saber se são mesmo assim ou não. Esta foi a grande razão para ler este livro. Nem precisava de ler a sinopse, a partir do momento que soube que era sobre highlander pensei "tenho que ler"!

Mairin vive num convento de freiras. Amada por todas as que lá habitam, vive escondida daqueles que sabem a verdade sobre a sua família, pois esta é filha ilegítima do falecido rei, sendo por consequência dona de inúmeras propriedades. Mas acabam por descobrir onde ela está escondida e sem dó nem piedade entram pelo mosteiro ameaçando as pobres freiras, afirmando que caso não lhes digam onde está Mairion então serão mortas. Horrorizada com este tratamento Mairin acaba por se denunciar a si mesma para salvar aquelas que foram como mães e irmãs para si nos últimos anos e acaba assim por ser levada por um homem sem honra e escrúpulos. Este quer casar com ela, mesmo contra a sua vontade, e ficar com as suas terras. Enquanto é levada para o castelo onde será mantida prisioneira, salva pelo caminho uma criança que estava a roubar um dos cavalos dos seus raptores. Acaba então por formar um laço de amizade muito forte com este pequeno, sendo mais tarde usado para chantageá-la quando decide ir contra o seu raptor.

Acabando por fugir, descobre que a criança era filha de Ewan McCabe, um senhor com terrenos e com um estatuto de poder que a poderá ajudar. Mesmo sem saber que na realidade Mairin é filha do rei, acaba por a acolher ao ver o estado em que esta se encontrava, cheia de cortes e nódoas negras que tinham forma de solas de botas, demonstrando o que esta sofrera anteriormente, algumas dessas nódoas negras sendo inclusive de ajudar e proteger o seu filho. Mas as terras de Ewan encontram-se empobrecidas, mesmo estando bem defendidas. Já Mairin se dizer quem é ficará rica, mas precisa de proteção. É assim que juntado o útil ao agradável estes acabam por se juntar e criar ainda mais problemas dos que já tinham.

Gostei deste livro. É um livro pequenino, mas gostei da história que aqui encontrei. É uma história que tem como grande ingrediente a maneira de ser de Mairin. É uma mulher forte, que tem noção da importância da sua linhagem e que tenta a todo o custo ajudar os mais necessitados, algo que se nota logo no início do livro quando salva uma criança em perigo, pondo-se a sim mesma ainda em pior situação. Uma mulher que sabe o que quer e que não tem medo de o dizer. Por outro lado temos Ewan, um viúvo que ama o filho como se este fosse a sua própria vida e embora tenha uma maneira de ser autoritária (não fosse o chefe de uma das tribos highlander), quando vê as pessoas que ama as suas expressões suavizam-se, fazendo tudo ao seu alcance para estas serem felizes.

É com estas personagens e através da escrita fantástica, leve e fluída da autora, que viajamos para o mundo Highlander, onde a palavra família e dever têm um significado especial e profundo e onde se luta com garras e dentes por aquilo que se quer.

Aconselho!

0 devaneios :