Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 19 de junho de 2013
Autora: Stephanie Perkins
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 288
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897260599

Sinopse:
Anna Oliphant tem grandes planos para o seu último ano em Atlanta: sair com a melhor amiga, Bridgette, e namoriscar com um colega no cinema onde trabalha. Por conseguinte, não fica muito contente quando o pai a envia para um colégio interno em Paris. As coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um rapaz deslumbrante - que tem namorada. Ele e Anna tornam-se grandes amigos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Irá Anna conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?


Opinião:
Sabem qual o sentimento que tive após a leitura deste livro? Apeteceu-me maldizer-me a mim mesma e gritar (também para mim mesma): "e estavas tu a pensar não ler este livro porque a capa não te seduzia!!". Ainda bem que mudei de ideias porque posso afirmar que este livro foi dos melhores, dentro do género, que li em muito tempo!

Anna tinha tudo planeado. Começar a namorar com o colega de trabalho que também tem uma banda, check. Continuar a partilhar tudo e a sair ainda mais com a melhor amiga? Check. Pelo menos assim pensava Anna antes de o pai lhe trocar as voltas e a mandar para um colégio privado num país estrangeiro. Mas não num país estrangeiro qualquer, um na Europa, onde a língua mãe em nada era parecida com o inglês. França! Embora soubesse que França era a cidade do amor e soubesse que teria imenso para ver, Anna não queria ir para um país desconhecido sozinha e sem conhecer ninguém.

A sua sorte foi que de imediato no primeiro dia teve a visita da colega do quarto ao lado que sem problemas alguns apresentou-a ao seu próprio grupo de amigos, acabando por integrar Anna nele. O que Anna não esperava era nesse grupo conhecer Étienne St. Clair, um dos rapazes mais populares e giros da escola. Além de aspecto físico, St. Clair é uma pessoa super simpática, divertida e inteligente, oferecendo-se até a ajudá-la nas matérias em que está pior. Desde logo Anna sente algo por St. Clair, mas este tem namorada e por isso esses sentimentos são escondidos, o que não os impede de se tornarem os melhores amigos.

Este é o típico romance adolescente de rapaz conhece rapariga, rapariga conhece rapaz. Desde o início que o leitor percebe que há algo mais do que amizade entre as duas personagens, mas estas teimam em fugir um do outro e a considerarem-se apenas amigos. Apesar de o romance ser o que faz andar a ação deste livro, a verdade é que a amizade de ambos, e mesmo entre o grupo, também é posta em causa inúmeras vezes, até mesmo quando se descobre a verdade sobre a família de St. Clair e algo muito grave sobre a sua mãe.

Achei que o mundo estudantil foi deveras bem capturado, havendo um pouco de tudo naquela escola, os totós, os populares, os odiados por todos, os nerds... Achei que a autora conseguiu descrever este mundo muito bem e gostei da sua escrita. Uma escrita fluída, indicada para este género de romances, não sendo demasiado melosa, como muitos autores do estilo caiem em erro.

Adorei as descrições de Paris e a grande incidência que a autora deu ao mundo do cinema. Embora eu não seja assim tanto de cinema como sou de livros, tenho a minha quota parte de paixão depositada nessa arte e por isso as descrições dos cinemas de Paris, de certos filmes e o amor que Anna demonstra por este mundo, foi algo que adorei.

Posso dizer que recomendo este livro sem reservas e que fico à espera, cheia de expectativas, do próximo volume da coleção!

0 devaneios :