Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 17 de junho de 2013
Autora: Kate Pearce
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 348
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897260261

Sinopse:
Uma proposta ousada... 
Forçada a casar muito nova, Abigail Beecham está farta do seu casamento sem sexo. Anseia por sucumbir aos prazeres deliciosos do puro desejo carnal sobre o qual apenas leu. Se o marido não é capaz de satisfazer as suas carências, ela está disposta a encontrar um homem que o seja... 
Um passado diferente... 
Peter Howard está habituado a pedidos sexuais fora do comum. Os seus dez anos como escravo num bordel turco tornaram-no um especialista nas delícias sensuais. Mas há pouco que realmente o excite... até conhecer Abigail. Agora vive para a provocar e atormentar até ela gritar de prazer. Talvez quando sentir finalmente aquela deliciosa sensação de felicidade por que tanto anseia...


Opinião:
Após ter lido o livro anterior e pensado "meu deus, isto é demais para mim", decidi dar uma segunda oportunidade à série, lendo o segundo (desta vez não o comprei, foi mesmo empréstimo).

Abigail sente-se sozinha no seu casamento. O seu marido nunca está com ela e quando está faz os seus deveres conjugais em cinco minutos e desaparece imediatamente do quarto. Frustrada com este tipo de casamento, Abigail quer companhia e para isso pede apenas um favor ao seu marido. Quer uma criança, um bebé que possa estar com ela para esta não se sentir tão sozinha e abandonada. Mas o que parece um pedido fácil é na verdade muito difícil. Acontece que o marido de Abigail gosta de um tipo de sexo totalmente "alternativo", para além de preferir tê-lo com homens, algo que elimina praticamente o ter prazer quando se encontra com a esposa. Sabendo que esta tem uma grande paciência consigo, o marido de Abi acaba por pedir ajuda a Peter Howard, um homem que adora novas experiências sexuais, tendo o último casal que ajudara casado, sendo muito felizes.

Peter aceita de imediato a proposta, e dessa forma parte para a casa de campo de Abigail. O que não espera encontrar é uma mulher bonita, interessante e muito corajosa que está disposta a tudo para engravidar. E o que espera ainda menos é o efeito que esta mulher tem em si. E que ele tem nela.

Muito sinceramente gostei mais deste livro do que do primeiro. Achei que tinha mais história e que exploravam os personagens mais do que no último, o que é sempre um ponto positivo. Mas apesar desta melhoria, não melhorou ao ponto de eu afirmar que quero seguir a saga. Este livro é demasiado pornográfico para mim em determinadas cenas e isso acaba por me tirar o encanto de toda a história. Eu até gosto de literatura erótica, mas o que me é apresentado em grande parte do livro é mais do que isso e é algo que simplesmente não gosto de ler.

Gostei muito de ver a personagem de Peter desenvolvida neste livro. Acho que após o livro anterior este estava seriamente a precisar de uma apresentação como deve ser aos leitores e este livro traz-nos isso e muito mais. Por outro lado conhecemos também Abigail, uma mulher forte que sabendo que o  seu marido não tem preferência por mulheres, se sente sozinha na sua enorme casa de campo, querendo apenas alguém para lhe fazer companhia. Esta acaba por se demonstrar uma personagem deveras estranha, pois parece-me tão forte, mas acaba por se demonstrar um tanto ou quanto submissa.

Em relação ao marido de Abigail... não consigo gostar dele!! Há alguma coisa na maneira de ser dele e de se apresentar que me fizeram antipatizar com ele logo deste o início, o que nem é muito normal em mim, especialmente sendo ele uma personagem secundária, mas simplesmente não fui "à bola" com ele e esse estado de espírito acompanhou-me até ao fim.

Um livro que não gostei e uma saga que vou parar de ler pois não me desperta a miníma atenção. Dei-lhe uma segunda oportunidade e melhorou um pouco, mas não o suficiente.

0 devaneios :