Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo

Passatempo
Até 24 de dezembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 10 de julho de 2013
Autora: Sandra Brown
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 456
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897260407

Sinopse:
Quando a filha de quatro anos lhe diz que está um homem doente no seu jardim, Honor Gillette corre a ajudá-lo. Mas esse «doente» revela ser Lee Coburn, o homem acusado de assassinar sete pessoas na noite anterior. Perigoso, desesperado e armado, ele promete a Honor que ela e a filha não irão magoar-se se ela fizer tudo o que ele lhe pedir. Honor não tem alternativa a não ser aceitar a sua palavra.
Em breve Honor descobre que nem as pessoas mais próximas de si são de confiança. Coburn afirma que o seu falecido marido possuía algo extremamente valioso que coloca Honor e a filha em perigo. Coburn está ali para levar consigo esse objeto - a qualquer custo. Dos escritórios do FBI em Washington, D.C. a um velho barco no litoral da Louisiana, Coburn e Honor fogem das pessoas que juraram protegêlos e desvendam uma teia de corrupção e depravação que os ameaça não só a eles, mas à própria sociedade.


Opinião:
Esta é uma autora que cada vez me tem prendido mais nas suas histórias. Junta romance, aventura, mistério... Tudo ingredientes que eu adoro e que juntos e através da escrita da autora ganham vida!

Honor vive com a sua filha na sua sossegada casa, a casa onde todas as memórias felizes do tempo em que o seu marido ainda era vivo existem. Num dia como qualquer outro a sua pequena filha chama-a dizendo que há um senhor magoado no jardim. Embora inicialmente não tenha acreditado, acabou por perceber que a filha estava a falar a sério e vai ajudar o homem que estava ferido.

De imediato este aponta-lhe uma arma e toma-a como refém, afirmando que o seu falecido marido estava na posse de algo que ele precisava. Esse homem chama-se Coburn e está a ser procurado pelo assassínio brutal e violento de várias pessoas a sangue frio. Ao aperceber-se de quem está a ameaçá-la, Honor decide fazer tudo o que ele diz, não apenas pela sua vida, mas especialmente para não colocar em risco a vida da sua filha.

Mas nem tudo é o que parece e Coburn acaba por se revelar alguém muito mais intrigante do que já era, além de levar a Honor um grande mistério sobre a morte do seu marido. Um mistério em que ela decide envolver-se pois poderá limar muitas arestas da sua vida.

Comecei a ler esta autora por "graça" e sem grande curiosidade, mas a verdade é que agora sempre que sai um novo livro dela, quero-o ler o mais depressa possível, pois a escrita da autora é muitíssimo envolvente, além de que todas as histórias são como que uma lufada de ar fresco. Não, não estamos perante um policial pesado nem perante um romance "lamechas". Mas ao lermos esta autora estamos perante uma mistura de romance na medida certa sempre com um grande mistério pelo meio, um género não muito explorado em Portugal e que a autora nos apresenta sempre de uma forma intrigante.

Tive pena de a personagem de Coburn não ter sido ainda mais desenvolvida, pois acho que havia ali muita coisa a explorar, mas por outro lado temos muita exploração noutra áreas. A criança órfã de pai, que acaba por desenvolver sentimentos por fortes por Coburn, uma família destruída pelo filho se encontrar incapacitado mentalmente e de forma motora, as traições entre amigos... E estes pontos acabaram por ser explorados muito bem e gostei imenso de ler sobre eles.

Sem dúvida um bom livro que recomendo a todos!

0 devaneios :