Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sábado, 20 de julho de 2013
Autora: Lisa Kleypas
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 320
Editor: 5 Sentidos
ISBN: 978-989-745-008-2

Sinopse:
A boca dela roçou a dele, sedosa, macia e quente… e ele sentiu o estonteante toque da sua língua. Acendeu-se-lhe, desde logo, a chama do desejo e deixou-se afogar num prazer imoderado, poderoso, como nunca havia sentido.
Quatro jovens damas da sociedade londrina procuram um bom partido. Chega a vez de Evangeline Jenner, a mais tímida, mas também a mais rica, logo que cobre a sua herança.
Para escapar às garras da família, Evie pede ajuda a Sebastian, Lord St. Vincent, um conhecido libertino, fazendo-lhe uma proposta irrecusável: que se case com ela, trocando riqueza por proteção.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite de núpcias, os dois não voltarão a encontrar-se na intimidade, pois Evie não quer ser mais um coração partido na longa lista de conquistas de Sebastian.
A Sebastian resta esforçar-se mais para a seduzir… ou entregar finalmente o coração, em nome do verdadeiro amor.


Opinião:
Esta é uma autora que me consegue sempre surpreender. Não a conhecia até ser trazida a Portugal pela Porto Editora e devo dizer que foi, para mim, uma das melhores apostas da editora nessa altura. Uma mistura de romance histórico, sempre com um pouco de comédia e mistério. Foi assim, tendo adorado os últimos dois livros lidos da autora, que me aventurei neste. E devo dizer, de todos que li, este foi sem dúvida alguma o melhor de todos!

Evangeline é a mais insegura das quatro famosas encalhadas, quatro raparigas da alta sociedade que por alguma razão não conseguiam encontrar ninguém com quem casar. Neste livro apenas já temos duas das encalhadas solteiras, sendo uma delas Evageline. Esta vive num recorrente pesadelo, sendo mal tratada pela família. Desesperada por fugir, Evageline decide tomar uma decisão difícil, mas necessária do seu ponto de vista. Oferecer a sua mão em casamento a Sebastian, um lorde que se encontra na pobreza e que no livro anterior rapta uma das suas amigas a fim de casar com esta para ficar com a sua fortuna. Dessa forma Evageline foge da família e Sebastian fica com parte da fortuna de Evageline.

Mas Sebastian acaba por se demonstrar alguém muito mais humano do que Evageline imaginava, acabando inclusive por ser das poucas pessoas com quem Evageline consegue falar sem sequer gaguejar, um problema que sempre a acompanhara e que fora uma das razões para ninguém se interessar por ela.

ADOREI! Até agora o melhor livro da saga. Evageline é uma personagem que se revela muito mais real do que muitas outras. A mais rica das encalhadas e a mais tímida. Mas por trás dessa máscara revela-se uma pessoa curiosa, inteligente, engraçada e muito desenrascada. Sebastian por outro lado foi uma personagem que se revelou alguém verdadeiramente odioso no livro anterior, mas neste acaba por provar ser mais simpático e preocupado com os outros do que alguma vez esperei.

A paixão entre eles vai sendo construída aos poucos, acabando por se revelar algo avassalador e o debate das próprias personagens pelos seus sentimentos é algo que prende o leitor, sendo também evidente que este é o livro que mais se centra numa única personagem, em vez de centrar em todo o grupo das encalhadas.

O melhor livro da saga até agora e estou muito curiosa pelo próximo!

0 devaneios :