Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"O Amor que Nos Une" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 27 de setembro de 2013
Autora: Tara Hyland
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 464
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04547-8

Sinopse:
Uma criança indesejada
São Francisco, 1958. Numa noite fria de dezembro, um bebé é deixado no Orfanato das Irmãs de Caridade, em Telegraph Hill.

Um enigmático suicídio
Um ano mais tarde, a famosa atriz Frances Fitzgerald decide pôr termo à vida. Correm vários rumores alegando que o marido, Maximilian Stanhope, um empresário abastado, sabe mais do que revela, mas nada é provado.

Um segredo terrível
Qual a relação entre estes dois acontecimentos? É essa a resposta que Cara, a filha de Frances, se predispõe a descobrir. Abandonada pela mãe aos sete anos, viveu uma infância ensombrada pelo sofrimento e pela perda. Mais tarde, encontra alguma realização a trabalhar como jornalista, porém, continua a debater-se com a falta de confiança que tem nos outros, e cada vez mais se convence de que descortinar o segredo por detrás da morte da mãe é a única forma de apaziguar os seus demónios. Irá a verdade destroçá-la ou serão inquebrantáveis os laços entre mãe e filha?


Opinião:
Foi este ano que descobri este género de romance. Romance sem um romance verdadeiro, em que descobrimos a vida de determinados antepassados das personagens do presente e como as suas acções influenciaram esse presente. Este tipo de romance é diferente do normal e quando bem escrito é muitíssimo envolvente e descobri neste livro mais uma autora a seguir.

Franny vive uma vida calma e sem preocupações, com os seus pais e irmã. Desde muito nova que Franny é conhecida por ser a beldade não só da família mas de toda a aldeia. Uma pessoa lindíssima, simpática e muitíssimo querida para todos os que a conhecem. Franny era uma rapariga muitíssimo inocente que acaba por se apaixonar por um rapaz que estava a trabalhar temporariamente na quinta da família. Um rapaz que está constantemente a viajar, sem nunca parar no mesmo sítio, e que promete a Franny que a levará até onde ela quiser para se tornar actriz. Mas esse rapaz acaba por a abandonar e pior... grávida! Desesperada e sem saber o que fazer, Franny foge de casa quando os pais dizem que a única opção é ela casar de imediato para não levar a desonra à família.

Mas a vida fantástica que Franny sonhava não está ao virar da esquina, especialmente quando acaba por se tornar uma solteirona com uma criança atrás. Criança essa que Franny terá praticamente que abandonar para se tornar actriz. Para ter a vida que sempre quis...

Adorei este livro. Conhecemos inúmeras personagens todas com espíritos distintos e diferentes entre si. As personagens que nos são mais apresentadas em profundidade são Franny, que ao se tornar famosa mudou o seu nome para Frances, e Cara, a sua filha que desde pequena parara de viver com mãe tendo vivido com a avó. Este livro desenvolve muitíssimo bem as personagens e acabamos assim por conhecer muitíssimo bem Frances, uma mulher que sofreu muito para subir na vida, embora tenha nascido numa família de classe média. Acabou por crescer e mostrar-se uma mulher nostálgica, com uma personalidade fraca e que embora por um lado possa ser compreensível, por outro lado chega a ser irritável e pelo menos eu pensei que as coisas poderiam ter sido muito diferentes se ela não estivesse constantemente a pensar nas suas próprias necessidades, sem se preocupar com os outros, mesmo que tal fosse feito inconscientemente.

Agora Cara, a filha de Frances, adorei-a. É uma personagem que nasceu na pobreza, mas adorava a sua vida cheia de alegria e diversão. Quando a mãe a deixa com a avó para conseguir prosseguir uma carreira no cinema, inicialmente fica infeliz pois a avó está constantemente a dar-lhe ordens e a ralhar-lhe, mas acaba por compreender que tais repreensões são para o seu próprio bem e acaba por ficar com a avó até à sua morte, sendo levada então para o convento, onde sofre nas mãos de freiras cruéis que a odeiam. Mas nada disto a leva abaixo, pois acaba por ser isto e muito mais que a faz crescer e tornar-se numa pessoa fantástica e com um futuro brilhante!

A escrita é envolvente e este é um livro que aprofunda muitíssimo bem as personagens, o que adorei. Aconselho este livro a todos!

0 devaneios :