Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Química do Amor" de Emily Foster

Passatempo #1

Passatempo #1
Até 24 de dezembro

Passatempo #2

Passatempo #2
Até 27 de dezembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013
Autora: Jennifer Haymore
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 360
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896571504

Sinopse:
Sophie, a duquesa de Calton, recomeçou por fim a viver. Após sete anos de luto pela perda do marido, Garrett, em Waterloo, casou com o melhor amigo e herdeiro, Tristan. Sophie entrega-se-lhe de corpo e alma até ao dia em que o marido regressa do continente e exige o seu título, as suas terras... e a mulher. 
Agora, Sophie tem de escolher entre o primeiro e o novo amor, sabendo que, seja qual for a sua opção, esta destruirá um dos homens que adora.
Será Garrett, o seu namorado de infância, cuja perda a ia aniquilando? Ou será Tristan, o amigo querido que se tornou amante, que a apoiou nos últimos anos de luto e que lhe deu a conhecer uma paixão que ela ignorava? Enquanto os dois maridos lutam pelo seu coração, Sophie vê-se envolvida num jogo perigoso - onde as apostas não são só o amor... mas a vida e a morte. 


Opinião:
Queria ler este livro há tanto tempo... nem imaginam! A capa é lindíssima e a sinopse remete-me para autoras como Laura Lee Guhrke, Cheryk Holt, etc. Por causa disso tomei de imediato a decisão que havia de ler estes livros e consegui fazê-lo graças a uma amiga tão viciada como eu por livros, obrigada a ela!

Sophie esteve anos sem saber se o marido continuava vivo. O marido que tanto amava e estimava. O seu grande amigo de infância que esteve com ela em todas as suas primeiras descobertas. Ir para Waterloo fora um dos maiores erros de Garrett, o marido de Sophie, sendo que desaparecera. Quando finalmente Sophie consegue ultrapassar um pouco a mágoa do marido e ser feliz ao lado de Tristan, seu amigo de infância e do ex-marido, um homem que sempre tivera uma paixão secreta por Sophie mas a escondera por não querer estragar amizades, algo acontece de inesperado... Garrett aparece passado sete anos, vivo e de boa saúde! A proclamar que tudo aquilo é seu e não de Tristan, inclusive a sua mulher!

Sophie fica então perdida entre dois homens. Não pode negar os seus sentimentos para com Garrett, o ex-marido, mas também não pode negar que em 7 anos muita coisa mudou e que por Tristan já não sente apenas uma amizade imensa, mas sim algo mais. Sete anos é muito tempo e para além de a sua vida ter mudado, ela própria havia mudado.

Muito sinceramente fiquei surpreendida com esta história. A autora conseguiu inclusive criar um pouco de mistério sobre o que teria acontecido naqueles 7 anos em que Garrett andou desaparecido e devo dizer que essa parte do livro foi muito interessante. Relativamente a Sophie, devo dizer que não gostei muito da personagem. Embora se mostrasse forte, corajosa e inteligente, quando Garrett apareceu, repentinamente essas características desapareceram e devo dizer que para mim o final (a sua escolha) foi muito estranha, pois durante todo o livro fiquei sem saber quem ela gostava realmente e mesmo após a sua escolha continuei na minha de não saber propriamente se ela sabia que gostava mesmo dessa pessoa ou não.

Já as personagens masculinas. Tive pena que não tivessem desenvolvido Tristan como eu gostaria. Gostava de ter conhecido mais Tristan e saber mais sobre os seus sentimentos e pensamentos, algo que tive muita pena em não conhecer pois foi uma personagem com quem simpatizei imenso. O contrário aconteceu com Garrett, que só me apeteceu bater-lhe, pois parecia um autêntico homem das cavernas na forma como lidou com o assunto. Sim, esteve desaparecido e muitas das suas memórias estavam esquecidas, mas daí a ser um verdadeiro brutamontes ainda vai uma diferença grande, diferença essa que a autora não estabeleceu bem, considerando essas duas características apenas uma.

Um livro que apesar destas falhas recomendo, pois fiquei com imensa vontade de ler o próximo livro!

0 devaneios :