Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 27 de julho de 2015
Autora: Elizabeth Adler
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 672
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897413049

Sinopse:
Apenas com a sua beleza exótica, inocência sedutora, orgulho e espírito impetuoso, Léonie veio da França rural para encontrar o seu futuro em Paris. Da vergonha dos cabarés ela ascende à fama internacional cantando com sentimento sobre o amor e a saudade. De Paris à Cote d'Azur, de Nova Iorque ao Brasil, de Cuba ao Cairo, Léonie move-se num deslumbrante mundo de dinheiro, paixão e poder - um mundo onde ela semeia tempestades de desejo e paixões.
O poderoso Duc de Courmont irá dar-lhe tudo exceto amor... 
Maroc não conseguiu protegê-la dela própria…
Charles vai pagar caro alguns momentos de felicidade roubados…
Jacques não conseguiu libertá-la das recordações e dos anseios…
Jim ofereceu-lhe um porto de abrigo, mas isso não bastou….
No entanto, nenhum deles conseguirá tocar uma parte da sua alma… exceto o homem que experimentou o seu ódio e a sua paixão…


Opinião:
Este é o segundo livro que leio da autora e é totalmente diferente do anterior. O anterior acabava por ser um livro comum. A história não era nada de novo e apesar de ter sido uma ótima leitura é daquelas que passado poucos dias os pormenores começam a dissipar-se e apenas temos noção de algumas das coisas que aconteceram, ou seja, acaba por ser um livro que não fica na memória. Este, pelo menos para mim, acabou por ser o contrário. Gostei imenso da história e da personagem principal, sofri com ela e sorri quando a vida lhe corria bem. Foi uma leitura que acabou por me atingir pela positiva e adorei cada momento.

Léonie vinha para França na esperança de conseguir uma vida melhor. Apesar de pobre, sabe-se inteligente e tem imensa esperança que a vida lhe sorria e lhe dê um bom futuro. No comboio para França tem o azar e a sorte de se sentar na primeira classe, quando devia estar na segunda. Quando o segurança do comboio a encontra, obriga-a a pagar o que falta do bilhete para a 1ª classe, acabando por ser salva por um cavalheiro que já havia pensado que ela não parecia alguém com dinheiro para a primeira classe, apesar de ser uma rapariga lindíssima! Esse homem, hipnotizado pela sua beleza, acaba por lhe dar alguns contactos para ela se situar por França e é assim que Léonie encontra o seu primeiro trabalho.

Longe de ser um trabalho de sonho, Léonie faz o seu melhor como empregada do grande cabaret em que ficara. As pessoas preocupavam-se com ela e gostavam dela, apoiando-a apesar da sua inocência. Mas é aí que a sua vida dá uma volta de 180º. Léonie começa a chamar a atenção de diversos homens, desde pessoas que querem viver consigo para todo o sempre, dispostos a fazerem de tudo para lhe provarem o seu amor, a homens que apenas vêem um corpo. Mas ninguém chega aos calcanhares do Duc de Courmont, um homem casada e muitíssimo ganancioso, que cheio de falinhas mansas consegue tornar Léonie sua amante. Apesar de tudo ser perfeito ao início, Léonie começa lentamente a descobrir a natureza volátil do duque, uma natureza que a assusta e de que quer fugir..

Este é um livro muito longo que apenas peca por ter algumas páginas em excesso. Mas de resto adorei!! Admito que quando recebi o livro fiquei com algum receio de não gostar, pois tinha acabado de ler uma crítica menos positiva, mas de qualquer forma a sinopse parecia-me interessante e a capa também, por isso aventurei-me e adorei! Este é um livro que se passa na altura de 1900 e picos, e nele seguimos a vida de Léonie, uma rapariga do campo que acaba por ir para França à procura de uma vida melhor e que a encontra graças à sua beleza e inocência. Léonie, sendo a personagem principal ao longo de todo o livro, acaba por ser muitíssimo bem desenvolvida e vamos acompanhado o seu crescimento e a perda da inocência que a caracterizava no início do livro. Começamos a ver uma mulher que está decidida a não depender de nada nem ninguém, querendo ser independente e livre. Uma missão que é complicada devido a um antigo amante que está decidido a tudo para a ter só para si.

Imensas personagens passam na vida de Léonie e acabamos por as adorar a todos. Apesar do azar de ter sido a escolhida do duque, Léonie também conhecera muito gente que a adorava e que estavam dispostos a fazer tudo por ela. Amigas desde a altura do cabaret, homens que nela encontraram a sua musa... Léonie teve uma vida preenchida e apesar de ter passado por imensas dificuldades, aproveitava as alegrias ao máximo.

Foi um livro que me surpreendeu e me prendeu. Gostei imenso!

0 devaneios :