Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Desejo Concedido" de Megan Maxwell

Passatempo

Passatempo
Resultados!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 10 de março de 2016
Autora: Kiera Cass
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 296
Editor: Marcador
ISBN: 9789897541643

Sinopse:
Chegou a altura de coroar a vencedora. Quando foi escolhida para competir na Seleção, America nunca imaginou chegar perto da coroa - ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que o fim da competição se aproxima e as ameaças fora dos muros do palácio se tornam mais cruéis, America descobre o quanto tem a perder - e o quanto terá de lutar pelo futuro que deseja.


Opinião:
O último livro da trilogia!! Aquele sentimento de "aleluia!!" mas ao mesmo tempo tristeza por ser o fim desta história que, apesar de não ser uma lufada de ar fresco, é algo que prende os leitores e que nos deixa a desesperar por mais. Por isso sim, apesar de ter ficado tristonha por a trilogia terminar, estava cheia de vontade de saber como tudo iria terminar.

A guerra no reino é iminente. As pessoas andam com os nervos à flor da pele e isso nota-se em qualquer pessoa no palácio. Enquanto isso a seleção diminui para apenas 5 escolhidas, as 5 favoritas. Raparigas muito diferentes umas das outras, que ocupam o coração do príncipe cada uma à sua maneira. America era a que tinha a categoria mais baixa de todas as raparigas que ali tinham entrado e encontra-se entre as finalistas, algo que nunca esperara acontecer. Mas a sua teimosia ajudara-a e o ter amigos nos sítios certos fora outro dos seus grandes trunfos. Mas cada vez mais, ser escolhida não é algo que quer tentar vencer, é o que tem que vencer.

America quer mudar o mundo onde vive, quer terminar as castas e unir-se aos rebeldes para destruir o grupo que anda a assassinar pessoas por todo o reino. Para isso conta com o apoio dos chefes rebeldes, do príncipe e como não podia deixar de ser, de Aspen...

Não sei... sei que existem imensas pessoas que adoraram este livro, mas para mim foi apenas... meh... Não me prendeu, mas também não odiei. Acho que tal se deve muito porque, enquanto todas as personagens cresceram e todas se revelaram ao longo do livro, a personagem principal, ou seja America, acaba por se manter muito igual. A mesma pessoa indecisa de sempre. Que continua numa guerra não pelo reino em si mas pela indecisão amorosa que tem entre mãos. E vou ser sincera, a indecisão só termina quando um dos pretendentes diz que encontrara outra pessoa, senão teríamos um livro com estas pessoas ao 100 anos ainda a decidir a sua vida.

O ponto de todo o livro que me atingiu mais, pela positiva, foi quando as castas começaram a ser abolidas, mais por esforço de príncipe do que de America. Foi um livro que não me marcou muito. Uma trilogia com uma premissa excelente e que prometia ser fantástica, mas que pecou por ter uma personagem que teimava em não crescer, sendo extremamente indecisa.

Apesar disso é uma boa leitura para passar um bom bocado.

0 devaneios :