Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017
Autor: Rick Yancey
ISBN: 9789722352529
Edição ou reimpressão: 05-2014
Editor: Editorial Presença
Páginas: 400

Sinopse:
A 5ª Vaga, o volume que dá início à trilogia com o mesmo nome, é uma obra-prima da ficção científica moderna. É um épico extremamente original, que nos apresenta um cenário de invasão extraterrestre do planeta Terra como nunca antes foi escrito ou sequer imaginado. Nesta narrativa assombrosa, uma nave extraterrestre fixa-se na órbita da terra, à vista de todos mas sem estabelecer qualquer interação. Até que, subitamente, uma gigantesca onda eletromagnética desativa todos os sistemas da Terra, e todas as luzes, comunicações e máquinas deixam de funcionar. A esta primeira vaga seguem-se outras, num crescendo de violência que devasta grande parte da humanidade. Será este o fim da existência humana sobre a Terra? Haverá ainda alguma salvação possível? Um thriller de alta voltagem, com todos os ingredientes para se tornar um grande clássico da literatura fantástica universal.


Opinião:
Vi o filme e achei que apesar de estar engraçadito, este precisava de mais algum desenvolvimento das personagens. Como já sabemos, por norma os livros costumam ser melhor do que os filmes e apesar de eu não ser grande fã de ler os livros após ver os filmes, desta vez decidi abrir uma pequena exceção e acabei por determinar... que o filme estava muitíssimo fiel ao livro!

Cassie adora a sua família acima de tudo. O seu irmão Sammie é a sua vida e quando começam as vagas, que assolam a terra como uma pesta, esta apenas quer, em conjunto com o pai, proteger o irmão mais pequeno e tentar a todo o custo mantê-lo a salvo, apesar de se estar a passar por uma fase extremamente complicada e ninguém saber qual o próximo passo a dar.

Quando finalmente decidem fugir da sua casa e ir para um abrigo, tudo vai por água abaixo quando as crianças são levadas e todos os adultos são assassinados, sendo Cassie a única pessoa que fica em liberdade depois do massacre. E apenas com um objetivo... salvar o seu pequeno irmão e escapar aos extraterrestres que têm como objetivo matar todos aqueles que existem na face da Terra.

Foi um livro que não foi bem o que estava à espera. Tal como disse, o meu objetivo era desenvolver mais as personagens e isso apenas aconteceu com uma... Evan Walker! Uma personagem que no filme não serve literalmente para nada e que no livro percebemos que é muito mais importante do que julgávamos. Já Cassie continuou um pouco aborrecida nos seus pensamentos, apesar de estes serem muito queridos e preocupados com o irmão. Ben, uma personagem que até gostei no filme, ficou muito atrás das expectativas nesta narrativa e isso deixou-me totalmente pé atrás.

Sim, foi um livro que não superou as expectativas e não cumpriu bem o seu objetivo. Mas foi um livro que abre as portas a outros títulos e histórias e visto que esta coleção não terá continuidade no grande ecrã, irei continuar a lê-la para saber qual o andamento que a escritora decidiu dar à narrativa.

Um bom livro, mas que não superou as minhas expectativas.

0 devaneios :