Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sexta-feira, 2 de agosto de 2013
Autora: L.C.Lavado
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 592
Editor: Marcador
ISBN: 9789898470867

Sinopse:
Uma história que vai cativar e vai fazer as delícias dos leitores mais exigentes de fantasia urbana, onde há seres mágicos, feiticeiros poderosos e sedentos de sangue. Nesta caça ao tesouro, entre guerras e lutas, nasce uma história de amor inesquecível.


Opinião:
Eu já tinha lido um livro desta autora. Um livro que me surpreendera pela qualidade literário do estilo, pois não é muito comum ver livros tão bem escritos portugueses que misturem fantasia, romance e mistério. Mais uma vez a autora não me desiludiu. E desta vez fê-lo com um tipo de escrita e história muito mais adulto do que do livro que já tinha lido anteriormente dela.

Era um dia normalíssimo de aulas e Isadora encontrava-se com a sua amiga Andrea a passear pelos terrenos da escola, no intervalo, quando dois rapazes iguais lhes chamam de imediato a atenção. Esses rapazes são irmãos gémeos, Pierre, o irmão passivo, calmo e apaixonado e Danton, o irmão sarcástico, cruel e odiado por muitos, o total oposto de Pierre.

Por alguma razão Isadora sente-se de imediato atraída por Pierre e este por ela, mas as contínuas interrupções de Danton na sua vida amorosa estragam tudo, fazendo-a sentir-se como se lhe pudesse arrancar a cabeça sem sentir sequer remorsos. Mas nada é o que parece e quando Isadora descobre que Pierre e Danton são mais do que irmãos e mais do que humanos as coisas mudam no seu mundo, fazendo com que este fique de pernas para o ar.

Como já referi gostei mais deste livro da autora do que o anterior que li dela. O registo deste era mais adulto e notava-se claramente a maior revisão a que este tinha sido sujeito, comparativamente ao que tinha lido antes (que na altura que tinha lido ainda não tinha sido revisto). As personagens foram bem exploradas, o seu passado, os seus sentimentos, a sua maneira de ser. E para não variar fiquei caidinha pelo "bad boy", Danton. O rapaz que parece não se importar com nada nem ninguém. Cujo humor sarcástico e corrosivo tanto consegue fazer-nos rir como arrepiar. Uma personagem que eu quero ver ainda mais aprofundada no próximo livro desta saga, porque sim, este livro pertence a uma saga.

Existem alguns autores em Portugal que escrevem fantasia, mas muito apoiam-se em ideias já pré-concebidas e não conseguem mudar o rumo da história a partir daí. Já Liliana Lavado fala-nos dos conhecidos mágicos e feiticeiros mas molda-os perante a sua visão e cria a sua própria história em redor deles. Algo que é sempre apreciado num autor, saber utilizar elementos já conhecidos mas com uma nova história.

Outra coisa que adoro nos livros da autora é ela juntar todos os ingredientes que adoro nos livros. Sobrenatural (mas não em demasia), com um pouco de romance, um pequeno triângulo amoroso (que nunca dura muito tempo, mas que se bem desenvolvido me puxa para a leitura) e muito mistério à mistura.

Um livro que recomendo a todos de uma autora portuguesa cujo próximo livro já está programado para o próximo ano e que não me irá escapar!

0 devaneios :