Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Derradeira Ilusão" de Diane Chamberlain

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quinta-feira, 1 de setembro de 2011
Autora: Liane Moriarty
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 424
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722345354
Coleção: Grandes Narrativas
 
Sinopse:
Quando, aos trinta e nove anos, Alice Love dá uma aparatosa queda numa aula de step, a última década da sua vida parece ter-se apagado por completo da sua memória. Tem novamente 29 anos, está apaixonadíssima pelo marido e à espera do primeiro filho. Só há um pequeno problema: tudo isto se passou há dez anos… No presente, Alice é mãe de três filhos, enfrenta um difícil processo de divórcio e está de relações cortadas com a irmã, que adora. Conseguirá alguma vez reencontrar a mulher que foi na fase mais feliz da sua vida?
 
 
Opinião:
Alice tem 39 anos e é uma apaixonada por desporto. Numa das suas aulas de step dá uma enorme queda batendo com a cabeça. Algo que poderia não ser muito grave, não fosse Alice ao acordar pensar que tem 29 anos!
 
Mas o pior nem é isso. Alice está a ultrapassar um complicado processo de divórcio que incluí a luta pela custódia dos filhos e um grande ódio entre ela e o marido! Algo que aos 29 anos não acontecia, uma idade em que tudo era cor-de-rosa, em que Alice e o marido amavam-se e estavam à espera do seu primeiro filho! A juntar a isto, Alice que se julga grávida do primeiro filho devido à falta de memória, acaba por descobrir que não tem um, mas três filhos! Todos diferentes entre si, mas todos a sofrer igualmente com o processo de divórcio dos pais.
 
A sinopse deste livro já me tinha chamado imenso a atenção e graças à Editorial Presença pude ler este livrinho e descobrir uma autora maravilhosa que tem uma escrita fluída, divertida, nada cansativa e muitíssimo cativante. Adorei como o livro está escrito do ponto de vista das personagens. Sim não personagem, mas personagens! No livro temos o ponto de vista de Alice, numa narrativa em que esta é o narrador de toda a acção, temos também a irmã de Alice, Elizabeth, que escreve cartas para o seu psicólogo e aí desocbrimos imensas coisas sobre ela e a irmã, e também existe a avó "emprestada" de Alice, que escreve um diário online muitíssimo divertido!
 
Através destas personagens ficamos a conhecer a sua maneira de ser, de pensar, os seus passados, os seus medos. As personagens estão todas muitíssimo bem aprofundadas e apresentadas e não são deixadas pontas soltas no decorrer da acção.
 
E atenção! Este não é daqueles livros sobre amnésia pesados e tristes, antes pelo contrário! Enquanto lia o livro ri-me inúmeras vezes! O grande assunto deste livro é como a mudança existe e o maior factor para esta existir é o tempo. E dez anos são muito tempo, como podemos verificar ao conhecer Alice com a sua mentalidade de 29 anos e ao saber de certas atitudes do seu eu de 39 anos.
 
Sem dúvida um livro mágico, super divertido e de leitura fácil que me surpreendeu pela positiva! Super aconselhado!

2 devaneios :

Maria João disse...

Depois de ler o teu comentário pensei este género de escrita é-me familiar... Pois é
Agora que te descobri não vou deixar de acompanhar
Beijo

v_crazy_girl disse...

Eheheh

Ainda bem que gostaste ;)

Bjs*