Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Prometes Amar-me?" de Monica Murphy

Passatempo

Passatempo
Até 23 de Julho

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013
Autora: Megan Maxwell
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 448
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896574475

Sinopse:
Um romance atrevido e contemporâneo. Uma história de amor que oculta um perigoso segredo. Recheado de amor, luxúria e sexo.
Após a morte do pai, o prestigiado empresário alemão Eric Zimmerman decide viajar até Espanha para supervisionar as filiais da empresa Müller. Nos escritórios centrais de Madrid conhece Judith, uma jovem inteligente e simpática, por quem se enamora de imediato. Judith sucumbe à atracção que o alemão exerce sobre ela e aceita tomar parte nos seus jogos sexuais, repletos de fantasias e erotismo.
Com ele aprenderá que todos temos dentro um voyeur, e que as pessoas se dividem em submissos e dominantes… Mas o tempo passa, a relação intensifica-se e Eric começa a temer que o seu segredo seja descoberto, algo que poderia ditar o princípio do fim de uma relação.


Opinião:
Devo dizer que adorei a capa deste livro. Achei-a simplesmente fenomenal, tão simples mas ao mesmo tempo tão mágica! E tendo recebido este livro da editora adorei o pormenor de o enviarem em conjunto com uma flor de plástico azul parecida com a da capa do livro.

Erótico. Um tipo de literatura muito na moda. Um tipo de leitura que desde "As Cinquenta Sombras de Grey" conquistaram milhares de leitores por todo o mundo, sendo que Portugal não foi excepção. Aliás, Portugal, sendo um país tão pequeno notou-se imenso o lançamento de inúmeras sagas eróticas pelas diversas editoras nacionais. Como já referi anteriormente não resisto a estes livros, embora tenha havido uma altura em que me fartei deles. Este livro concretamente? Encontra-se num estado intermédio, não odiei, mas também não foi o melhor do género, muito devido à personagem principal masculina.

Judith é uma mulher madura que gosta da sua vida e de aventura. Extrovertida e divertida, é uma mulher que desde o início chama a atenção de Eric Zimmerman, o grande empresário encarregue das empresas Müller, que tem um posto superior ao da sua odiada chefe, o que lhe acaba por salvar de imensas situações horrorosas. Eric é um homem controlador, frio e exigente, sendo um óptimo chefe, inteligente e fiável. Mas este homem fora da empresa torna-se ainda mais controlador que o normal, tornando-se um dominador implacável que gosta praticamente todo o tipo de sexo.

Uma relação que acaba por tornar-se um vício, um romance difícil de compreender entre duas pessoas diferentes mas ao mesmo tempo muito iguais. Devo dizer que tenho várias opiniões em relação a este livro. Para começar havia partes neste livro que achei muito bem desenvolvidas emocionalmente, especialmente a adoração que Judith tinha pelo seu gato e a sua morte foi a parte mais emotiva de todo o livro, pois durante todo este livro essa relação tinha sido muitíssimo desenvolvida e sendo eu uma amante de animais consegui-me identificar na pele da personagem.

Agora... enquanto que a relação de Judith com o gato foi muitíssimo bem desenvolvida, o mesmo não poderei dizer para a relação de Judith com o patrão, Eric. Muito sinceramente tirando uma situação ou outra afirmaria que Eric apenas queria Judith por uma coisa. Sexo. Muito sexo e sexo muito macabro! E achei um pouco estranho Eric não querer sexo com outro homem mas adorar ver a mulher que diz supostamente amar fazer sexo com outra mulher. Podem dizer o que dizerem em relação a este ponto, mas a mim confundiu-me imenso!

Apesar desta grande falha, que se repete ao longo de todo o livro, tenho que dizer que a escrita da autora é absolutamente fantástica. Consegue transportar-nos para todos os diversos cenários retratados no livro, consegue descrever na perfeição as personagens e algumas das relações. O grande problema que tive no livro foi mesmo a relação entre Judith e Eric, o que foi um grave problema, afinal de contas essa é a história por trás de todo o livro.

Mas no geral até acaba por ser uma leitura satisfatória, ajudando a passar um bom bocado.

0 devaneios :