Quem sou eu?

A minha foto

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Um Dia em Dezembro" de Josie Silver

Passatempo

Passatempo
Resultado!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

domingo, 29 de julho de 2018
Autora: Vi Keeland
ISBN: 9789898869197
Edição ou reimpressão: 07-2017
Editor: TopSeller
Páginas: 320

Sinopse:
Quando o teu patrão é convencido, mas sedutor, arrogante, mas sensual, irritante, mas irresistível, o resultado só pode ser um... horas extra... ordinárias.
Estás no primeiro encontro com um homem para lá de aborrecido. O que é que fazes? Finges ir à casa de banho, ligas à tua amiga e pedes-lhe que te ligue de volta, fingindo uma emergência que te tire dali, certo? Foi o que fiz. Até porque era mesmo uma emergência… Mas um desconhecido ouviu a conversa, chamou-me pretensiosa e teve o atrevimento de me dar conselhos! Respondi-lhe que se metesse na sua vida — na sua vida de homem alto, musculado, lindo de morrer e irritantemente convencido — e voltei para a minha mesa deprimente.
De onde estava, não pude deixar de olhar para ele, acompanhado por uma loira bombástica. Típico! Quando me apanhou a olhar, piscou-me o olho, levantou-se com a sua bimba e dirigiu-se à minha mesa. Pensei que fosse denunciar-me, mas, em vez disso, fingiu que nos conhecíamos, juntou-se a nós, e partilhou histórias mirabolantes sobre um passado fictício entre nós... Tenho de confessar que o meu encontro passou de chato a estranhamente excitante.
Quando a noite acabou, não parei de pensar nele, mesmo sabendo que nunca mais o veria. Afinal, quais seriam as probabilidades de voltar a encontrá-lo numa cidade com oito milhões de pessoas? Quais seriam as probabilidades de, um mês depois, ele vir a ser o meu novo Boss?


Opinião:
Só falaram bem deste livro. Várias críticas que li referiam como este livro não era "apenas mais um erótico", que tinha uma história por trás, para além de ser engraçado e de prender do início ao fim.

Reese cede e vai a um encontro com um desconhecido. Afinal ela ainda é jovem e sendo descomprometida não faz mal nenhum procurar o homem perfeito. Mas quando o encontro acaba por ser com um homem chato, e nada do género de Reese, a desculpa vou à casa de banho - para pedir à amiga que lhe ligue -, parece ser a única escapatório, a não ser claro que a sua amiga não lhe retorne a chamada!

Mas como a sorte nem sempre está contra Reese, um estranho convencido e altamente atraente decide ajudá-la, metendo-se na conversa e começando a recordar a sua infância e a de Reese... uma infância totalmente inventada mas muito divertida. Provavelmente uma das noites mais divertidas que Reese tivera em imenso tempo!!

E com a sorte vem o azar certo? Não dizem que ambos estão sempre de mãos dadas? Então imaginem a surpresa de Reese quando descobre que o homem por quem ficara louca é nada mais nada menos do que o seu novo chefe!!

Um livro cuja capa aponta para um erótico com iimmeennssaasss cenas de sexo, mas acreditem que não é isso que temos com este livro. Temos uma história engraçada, divertida, cheia de peripécias e muitas histórias loucas que vêem da imaginação dos nossos personagens. Este livro é mais um romance com um pouco de sexo, mas pouco, não sendo nem de perto um livro que possa ser considerado erótico.

Gostei imenso desde livro, mais do que esperava. Admito que a capa me afastou a início, mas as ótimas críticas que li não me conseguiram manter afastada e ainda bem. Personagens bem aprofundadas, escrita fluída e personagens secundárias igualmente fantásticas, especialmente a irmã de Chase (o Boss) e a melhor amiga de Reese.

Um livro perfeito para as férias de verão e que me fez ver que tenho mesmo que ler "O Prof" que a editora já lançou em português!

0 devaneios :