Quem sou eu?

A minha foto

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"A Jaula do Rei" de Victoria Aveyard

Passatempo

Passatempo
Até 11 de Novembro!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

quarta-feira, 26 de setembro de 2018
Autor: M. J. Arlidge
ISBN: 9789898849540
Edição ou reimpressão: 10-2016
Editor: TopSeller
Páginas: 320

Sinopse:
Quando a detetive Helen Grace encontra a vítima no chão, presa a uma cadeira, percebe que não se trata apenas de um jogo sexual que terminou mal — as provas demonstram que o agressor dispusera dos meios para libertar o seu refém, mas decidira não o fazer. Ao remover a fita adesiva do rosto da vítima, Grace reconhece-a: trata-se de alguém com quem mantinha um relacionamento de que ninguém pode saber. Helen inicia uma autêntica caça ao assassino, ao mesmo tempo que luta por manter a sua vida privada em segredo. Contudo, as várias pistas seguidas revelam-se infrutíferas, e surge um novo homicídio. Travando uma batalha contra o tempo, Helen enfrenta uma escolha impossível: confessar os seus segredos mais obscuros e perder o controlo do caso, ou ocultar a verdade e arriscar-se a cair numa armadilha?


Opinião:
Tenho andado a ler esta coleção aos bocadinhos, tendo infelizmente saltado um dos livros (o segundo ou o terceiro), mas isso não me impediu de entrar na história, e pelo que percebi "perdi" o livro em que menos nos aventuramos a conhecer Helen, a personagem principal de toda a narrativa, uma personagem que cada vez se torna mais interessante, tendo este livro girado muito em seu redor.

Helen Grace é das melhores detectives da sua esquadra, mas também acaba por ser a que tem mais fantasmas pessoais. Conhecida por ter levado à condenação (mortífera) da própria irmã, por ter uma arqui inimiga no jornal da cidade e por ninguém realmente saber quem ela é, é uma personagem um tanto ou quanto enigmática . Num novo caso, Helen tem que esconder uma das partes mais negras da sua personalidade, quando a vítima do primeiro assassinado é um conhecido seu... um conhecido que lhe era muito querido!

Todas as vítimas do caso são conhecidos de Helen, conhecidos que se movimentavam no mundo do sexo cru, da submissão e dos jogos de cama. Helen quer-se manter fora do radar dos seus colegas, mas será que o irá conseguir fazer sem bloquear a investigação? Será que o seu segredo será revelado? E o caso estará realmente relacionado com ela?

Até agora este foi sem dúvida alguma o livro que mais gostei do autor! Nos livros anteriores o autor foi criando Helen "aos poucos", desvendando lentamente quem ela realmente era, o seu passado e a sua história. Desta vez temos um maior aprofundamento de Helen, e o livro acaba por ser em volta dela e ADOREI! Cada página tem um novo acontecimento, um novo virar de páginas, uma nova intriga.

Não posso falar muito deste livro sem o desvendar, pois cada página tem algo novo e é um livro em que todas as personagens são importantes, destes as principais às mais secundárias. Foi sem dúvida o melhor livro desta coleção até agora, que acabou com um desfecho de deixar qualquer leitor boquiaberto e a querer mais! O livro seguinte já saiu e tenho mesmo que o ler, afinal de contas ADOREI este e quero mesmo saber o que irá acontecer de seguida.

Uma saga que recomendo ser reservas, mesmo para aqueles que o género policial não é o favorito, pois acreditem, vão adorar à mesma!

2 devaneios :

Tina António disse...

Já li o 1º e 2º, gostei imenso, uma saga que quero continuar a ler, adoro.

Vanessa Montês disse...

Também adoro a saga Tina! Cada livro é uma nova surpresa!