Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Eu Fosse Tua" de Meredith Russo

Passatempo

Passatempo
Resultado!!

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

sábado, 13 de julho de 2013
Autora: Maya Banks
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 384
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722526081

Sinopse:
Gabe, Jace e Ash: três dos homens mais ricos e mais poderosos do país. Estão habituados a conseguir tudo aquilo que querem. Tudo mesmo. Para Gabe, trata-se de realizar uma fantasia em particular com uma mulher que era um fruto proibido. Agora, está no ponto para ser colhida…
Quando Gabe Hamilton viu Mia Crestwell entrar no salão de baile na grande inauguração do seu hotel, soube que os seus planos haveriam de o levar direitinho ao inferno. Afinal de contas, Mia é a irmã mais nova do seu melhor amigo. Só que entretanto já não é uma menina. E Gabe esperou muito tempo para realizar os seus desejos.
Gabe tem muitas vezes sido o protagonista dos sonhos de Mia, desde que ela era uma adolescente com um fraquinho pelo melhor amigo do irmão. Que importância tem que Gabe seja catorze anos mais velho? Mia sabe que ele é de um meio completamente diferente do dela, mas a atração que sente por ele não para de crescer. Agora é adulta e não há razão nenhuma para não realizar os seus desejos mais secretos.
Quando Gabe começa a arrastá-la para o seu mundo provocador, Mia apercebe-se de que há muitas coisas que não sabe sobre ele ou sobre a precisão das suas exigências. A relação que partilham é intensa e obsessiva, mas, ao atravessarem a fronteira da odisseia sexual secreta para algo mais profundo, correm o risco de expor a natureza da sua relação e de ficar vulneráveis a uma traição mais íntima do que esperavam.


Opinião:
Comecei a ler este livro porque já li outro dela que foi publicado cá em Portugal, "Na Cama com um Highlander", que adorei e me deu uma enorme vontade de ler este livro mal ele saiu em Portugal. Embora eu soubesse que o género literário era muito diferente decidi experimentar à mesma.

Mia cresceu entre homens com poder. O seu irmão era um grande magnata, conhecido entre círculos muito exclusivos. É conhecido pela sua fortuna, a sua capacidade para a aumentar e o facto de o seu negócio ser em conjunto com outros dois homens, que tal como ele são um sonho de homem tornado realidade. Mia sempre sentiu uma atracção especial por um dos amigos do irmão, Gabe. Mal sabia esta que Gabe também sentia um desejo enorme por ela desde há vários anos, desejo esse que tinha escondido até ela ter idade suficiente para ele se começar a insinuar a ela. E agora é a altura.

O momento em que Mia, com um vestido lindíssimo e que revelava imenso, decide aparecer numa festa para surpreender o irmão, parece o momento que Gabe estava há anos à espera. É aí que uma relação muito especial entre Mia e o magnata Gabe começa a crescer.

Muito sinceramente... fiquei tão mas tão desiludida com o livro. A história deste é praticamente isto. Praticamente o Gabe vai atrás da irmãzinha de um dos seus maiores amigos e depois vemos a história de como o sexo se transforma supostamente em "amor". Para além disso, este é um livro que me fez lembrar tanto o primeiro livro da trilogia das Sombras de Grey. Há um contrato, há um magnata rico que contrata uma rapariga para trabalhar para si, há uma relação que para mim é um tanto ou quanto abusiva. E depois as personagens não são desenvolvidas o suficiente para eu ficar a querer saber como elas se vão safar de certas situações, como irão ultrapassar os seus problemas.

É um livro de rápida leitura, as letras são enormes o que faz com que as quase 400 páginas sejam apenas na realidade umas 200 de letra "normal", mas a escrita fluída da autora que tanto gostei no livro anterior que li dela não estava presente. Em vez disso temos um romance sexual que não traz nada de novo ao mundo da literatura.

Tive imenso pena que isso acontecesse e não irei seguir esta trilogia, pois parece-me que não me trará nada de novo. Já o contrario se passa com a trilogia McCabe que espero que a Bertrand continue a publicar.

0 devaneios :